• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


O crime resolvido com ajuda do Facebook 15 anos depois

POR Arthur Porto    EM Curiosidades      31/10/19 às 20h23

Mesmo com a ajuda da ciência, tecnologia e pesquisa, ainda há um ou outro crime sem solução. Na realidade, pode-se dizer que existem vários desses, na verdade. Felizmente, vez ou outra, a resposta para alguns dos atos hediondos aparecem, da forma menos esperada. Exemplo disso é o caso de uma camareira, que desapareceu no estado norte americano da Carolina do Norte, em 2004.

Na época, a camareira sumiu sem deixar rastros. O crime, claro, intrigou os policiais locais. Em suma, as autoridades permaneceram mais de 15 anos, sem encontrar uma pista, que fosse capaz de revelar o paradeiro de Deborah Elaine Dean. A jovem, quando desapareceu, tinha 29 anos.

A inesperada solução

Mesmo tantos anos sem encontrar nenhuma pista, o caso de Dean sofreu uma surpreendente reviravolta. Surpreendente mesmo, afinal, ninguém esperava mais descobrir o paradeiro da camareira.

No dia 20 de outubro deste ano, uma página do Facebook, chamada Fighting Crime News and Who's Wanded, publicou um vídeo sobre o caso. Ao que parece, o intuito da página, que atualmente possui mais 63 mil seguidores, era tentar incentivar os usuários da rede social a compartilharem informações sobre crime.

Obviamente, a página o fez sob a promessa de manterem suas identidades em anonimato. Após quatro dias do post, a cunhada de Deborah, Kimberly Hancock, de 49 anos, foi detida. O motivo? Hancock foi acusada de homicídio. Em poucas palavras, foi a responsável do crime.

Graças a um e-mail, o qual foi recebido pelos administradores da página, o caso da camareira, enfim, foi solucionado. Assim que os administradores da página do Facebook receberam o e-mail, o conteúdo, imediatamente, chegou ao conhecimento de Keith Stone, xerife do condado de Nash.

De acordo com Keith, o conteúdo presente no e-mail "se mostrou extremamente confiável" devido à imensa quantidade de detalhes. Segundo o xerife, os restos mortais estavam enterrados em uma cova rasa, atrás do trailer de Kimberly.

As autoridades, após averiguar as informações, encontraram restos de um corpo no local citado. Assim, por meio de exame de DNA, a identidade de Deborah foi confirmada.

Facebook

De acordo com o que declarou a administradora da página, cuja identidade, até o momento, não foi revelada, "muitas pessoas não gostam de falar com a polícia simplesmente porque se sentem assustadas".

Criada em 2013, a página Fighting Crime News and Who's Wanded publica todo o tipo de denúncia no estado. Ali, é possível encontrar publicações que vão desde furtos até homicídios.

Agora, quem poderia imaginar que uma simples página no Facebook seria capaz de ajudar a polícia a desvendar um crime, como o de Deborah. Eu não. E o motivo é simples. O ser humano desbravou a terra de Norte a Sul, descobriu as partículas, que compõem a vida e até chegou à Lua. Entretanto, segue ainda sendo incapaz de solucionar um ou outro crime.

Apesar dessas enormes conquistas científicas e tecnológicas, certas atrocidades seguem até sem solução. Ainda bem que essa página existe. Além disso, é importante ressaltar também que, independente do crime, o importante mesmo é denunciar. É não ter medo. Muitas vezes, temos uma informação na mão, que pode fazer toda a diferença. Nesse caso, use-a.

Próxima Matéria
Arthur Porto
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+