icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


O dia em que o Superman precisou ficar em quarentena

POR Erik Ely EM Curiosidades 15/04/20 às 21h18

capa do post O dia em que o Superman precisou ficar em quarentena

Uma vez, assim como nós, o Superman precisou ficar em quarentena nos quadrinhos. Dessa forma, para proteger outros kryptonianos que estavam na Terra, o 'Homem de Aço' precisou por em prática as mediadas de isolamento social. Isso porque, ele acreditava que teria contraído um patógeno letal.

Essa história aconteceu em Superman #156, de Edmond Hamilton e Curt Swan, publicado nos Estados Unidos em outubro de 1962. Contudo, a história só chegou no Brasil em maio de 2008, na Coleção DC 70 anos #1.

O que um super-herói faria em uma situação como essa?

Na trama, quando um objeto de Krypton pousou na Terra e Jimmy Olsen o abriu, Superman percebeu que havia um "vírus X" dentro dele.  Em seguida, Superman começou a sentir fraqueza e tontura. Depois disso, ele pediu para que Jimmy Olsen o acompanhasse ao médico, até porque o fotógrafo também poderia ter sido infectado.

Por meio dos testes, Superman descobre que o "vírus X" não afeta os humanos. Mas a situação era diferente para kryptonianos. Assim, o vírus poderia causar problemas de respiração. Além de também, alterar sua pulsação e baixar o nível de força.

 Depois da consulta, o médico chega a dizer que Superman estará morto em pouco tempo. Então, ele decide se isolar, para poupar outras pessoas de um possível contágio. Ele teme que outros kryptonianos da Terra, como Supergirl e os Kandorians na cidade engarrafada de Kandor, sofram com um possível surto de contaminação.

Para lidar com essa situação, Superman manda seus robôs construírem uma zona de quarentena. Como uma forma de isolamento social, ele mantém Jimmy Olsen no mesmo local. Isso porque, ele teme que Jimmy, embora assintomático, possa transmitir o vírus à Supergirl. Em pouco tempo, a Supergirl chega e fica sabendo sobre sua morte iminente. Imediatamente, ela parte em busca de uma cura, até mesmo com ajuda do futuro, da 'Legião dos Super-Heróis'.

O que fazer quando o 'Homem de Aço' não pode ser curado?

No final das contas, a trama mostra que não existe uma cura para o vírus. Então, Mon-El, da Zona Fantasma, avisa a 'Legião dos Super-heróis' que, na verdade, foi um pedaço de kryptonita preso no interior da câmera fotográfica de Jimmy Olsen, que acabou deixando o Superman doente e não um vírus.

Assim, depois de se recuperar, o Superman revela algo um tanto quanto interessante. Ele havia deixado uma mensagem para os humanos na Lua, com assinatura de Clark Kent, sua identidade secreta. Como não precisava mais deixar essa nota, ele pede ajuda da Supergirl e de Krypto para apagar suas últimas palavras.

Por fim, uma das coisas mais curiosas dessa história é que ela foi uma das edições que inspiraram uma das maiores aventuras do personagem nos quadrinhos. Em 'Superman', de Grant Morrison, o Homem de Aço contrai um câncer e, novamente, se vê numa posição de fragilidade. Contudo, ao contrário da história, obviamente que, em nosso mundo, a ameaça é real e todos devem continuar isolados. E se Kal-El, que é o próprio Superman, precisou ficar em quarentena e conseguiu, nós também vamos conseguir sair dessa.


Próxima Matéria
Via   CanalTech  
Imagens CanalTech
avatar Erik Ely
Erik Ely
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest