• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


O homem que ofereceu U$ 1 milhão por provas de atividade paranormal

POR Cristyele Oliveira    EM Curiosidades      05/11/19 às 12h10

Todos nós temos uma certa dificuldade em acreditar naquilo que não podemos ver ou provar, porém, também podemos ser facilmente enganados. Não é por acaso que tem tanta gente, que gasta dinheiro com videntes, médiuns e outros praticantes do sobrenatural. Não estamos dizendo que essas pessoas não possam ter habilidade paranormal, mas a pergunta é: esses indivíduos realmente têm mesmo esses poderes quase mágicos? Porque a única forma de saber isso, com certeza, é com um teste científico.

E foi exatamente isso que o mágico James Randi fez por 50 anos, com o Million Dollar Challenge (desafio do um milhão de dólares, em português). O desafio consiste em oferecer um milhão de dólares, para quem conseguir provar possuir habilidades paranormais, em condições científicas controladas. O Million Dollar Challenge foi o desafio mais famoso desse tipo, porém, não foi o primeiro. E por anos, procurou por alguém com poderes paranormais capaz de provar a veracidade das suas habilidades. E como você já pode imaginar, ninguém nunca conseguiu vencer o desafio e levar toda essa quantia para casa. Isso é a prova de que não existe atividade paranormal? Não, apenas que ninguém conseguiu colocar em parâmetros científicos. Mas é uma possibilidade.

O desafio

Esse pode até ter sido o mais famosos e popular desafio do tipo. Antecipadamente, em 1923, Harry Houdini já fazia algo parecido. O mágico ofereceu US$ 10.000, do seu próprio dinheiro, para qualquer médium espiritual capaz de provar que seus poderes eram reais. Pode parecer um tanto quanto incoerente, um mágico querendo desmascarar a magia mas, nesse caso, ele queria colocar uma barreira entre os artistas que fazem truques inofensivos e os vigaristas, que se aproveitam de pessoas vulneráveis.

Em 1964, The Amazing Randi fez algo parecido e estreou com o seu próprio desafio, oferecendo primeiro um prêmio de US$ 1.000 e depois aumentou para US$ 10.000. Até que, em 1996, o prêmio passou a ser de um milhão de dólares, algo bem tentador, não é mesmo? Mas ninguém nunca conseguiu levar o prêmio, e não foi por falta de tentativa. Milhares de pessoas se inscreveram para participar do desafio.

Entre essas pessoas, havia um homem, que dizia ser capaz de enviar pensamentos para um amigo em outra sala. Teve também uma mulher que disse que podia identificar cartas de baralho, dentro de envelopes, usando um cristal. Ou o homem que dizia enviar uma "força" misteriosa, mas perceptível, por meio de qualquer material. E até houve um casal dizendo que poderia usar energia para detectar tumores na mana sem o exame do toque.

Entre 1964 e 2015, quando o desafio foi encerrado, pelo menos mil pessoas colocaram suas habilidades à prova. E nenhuma delas conseguiu provar os seus poderes paranormais.

Os testes

Qualquer pessoa poderia se candidatar, conquanto que enviasse uma inscrição de, no mínimo, dois parágrafos descrevendo a sua habilidade paranormal. Se aceita, a pessoa trabalhava com a James Randi Educational Fundation, para desenvolver um protocolo de teste aceitável, que ambas as partes considerassem justo. A partir desse protocolo personalizado, de acordo com cada habilidade, é que o candidato passaria no teste preliminar. Se estes pretendentes passassem para o teste formal, levariam o prêmio de um milhão. Porém, ninguém nunca passou nem do teste preliminar.

Em 2015, depois de 50 anos do desafio, ele foi oficialmente encerrado. Mas até hoje, existem outros desafios semelhantes em todo o mundo. Todos eles à espera de alguém, que consiga provar ao mundo que o paranormal é real. Dentro de condições científicas, obviamente.

Enfim, e você? Acredita em atividade paranormal? Conta para a gente nos comentários e aproveite para compartilhar com os seus amigos.

Próxima Matéria
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+