icone menu


O lado obscuro de 7 profissões glamourosas

POR Bruno Dias    EM Entretenimento      31/05/19 às 17h30
capa do post O lado obscuro de 7 profissões glamourosas

Não adianta, você pode escolher a profissão dos seus sonhos, aquela em que você faz exatamente o que você gosta, e ainda assim enfrentará desafios e momentos de estresses. Independente da área de atuação, todos os tipos de profissões podem ser estressantes, mesmo aquelas que achamos que são profissões glamourosas.

Existem carreiras que as pessoas só enxergam milhões de contratos, viagens pelo mundo, horários flexíveis e milhares de fãs ligados à elas. Mas ninguém leva em consideração que, para se chegar ao topo de uma profissão, vários sacrifícios são feitos. Nada é por acaso e esses profissionais também tiveram que lidar com muita coisa. Mostramos aqui lados obscuros de profissões que são consideradas glamourosas.

1 - Ator

Daniel Day-Lewis já ganhou três Oscar e faz um estudo completo para cada personagem que vai interpretar. Um exemplo disso foi o papel que ele fez no filme O último dos moicanos, em que ele passou seis meses na natureza. Ele aprendeu a construir canoas e fazer armadilhas para ter uma noção do que teria que fazer em seu papel nas telonas.

Quando ele foi fazer o filmes Gangues de Nova York, ele trabalhou como açougueiro e ainda contraiu uma pneumonia porque nas filmagens ele se recusava a usar uma jaqueta quente. Tudo isso porque, na época em que o filme se passava, século XIX, o personagem não se vestia assim.

2 - Bailarina

A vida de uma bailarina pode parecer fácil para muitas pessoas, mas está longe de ser verdade. Alexandra Bilgaits dedicou sua vida ao ballet e mostra como é difícil cuidar das pernas e pés por conta de seu trabalho.

É preciso ter cuidados especiais para as pernas, simuladores para alongar os músculos e fortalecer os ligamentos. Além de uma dieta especial para melhorar a qualidade dos músculos e ligamentos, e ainda assim manter a forma do corpo. Além de claro, suportar as cargas diárias e constantes no corpo e a dor insuportável.

3 - Ciclista

Taylor Finney é um ciclista de estrada e pista que foi duas vezes campeão mundial na corrida de perseguição individual. Mas a vida do ciclista não é feita só de prêmios. Lesões, contusões, entorses, cãibras e fraturas também são uma constante na vida dele. E Taylor não toma nem mesmo analgésicos aprovados pelo comitê, já que considera a dor parte do esporte.

No ano de 2014, ele fraturou o osso da tíbia e a perna esquerda em uma corrida. Mas com tratamentos, o ciclista se recuperou em um ano e voltou para a sua carreira.

4 - Jogador de basquete

Atletas sempre são vistos como pessoas que vivem no glamour. Salários bastante altos e milhares de fãs ao redor do mundo. Mas nem tudo são flores. Quem olha para Michael Jordan, estrela do esporte, não imagina que, na escola, ele já foi expulso do time de basquete.

Além disso, quando ele começou a jogar na NBA, os saltos do jogador estavam longe de serem perfeitos. Quando a temporada de jogos estava em seu intervalo, Jordan fazia 100 saltos por dia para alcançar sua melhor forma.

5 - Modelo

Janessa Wright tem uma carreira como modelo e anfitriã de um restaurante. Ela fala abertamente sobre como a vida de modelo é difícil. E a proibição ou uso restrito do Photoshop, gerou nas pessoas que trabalham com moda uma busca pela pele perfeita e características quase impossíveis.

As modelos têm que manter seus corpos sempre dentro do esperado e fazer exercícios exaustivos, dietas rigorosas e até mesmo cirurgias plásticas. Outro lado ruim da profissão também é a instabilidade e as drogas usadas para lidar com a depressão.

6 - Surfista

Bethany Hamilton surfa desde a sua infância. Ela está entre as melhores surfistas do mundo. Mas, quando tinha 13 anos, ela foi atacada por um tubarão e perdeu seu braço esquerdo. Mesmo assim, a surfista não deixou seu acidente lhe abater. Depois de 26 dias, ela estava na prancha de novo.

Atualmente, Bethany está entre os 50 melhores surfistas do mundo. Ela é dona de vários prêmios e um exemplo e inspiração para muitos.

7 - Jogador de futebol

Os jogadores de futebol são verdadeiras celebridades mundiais. Além de conhecidos por muitos, as enormes quantias pelas quais eles são negociados e até mesmo os salários, que são amplamente divulgados, pode fazer com que eles virem alvos fáceis. Na Copa do Mundo de 2018, o pai de John Mikel Obi, capitão da Nigéria, foi sequestrado.

Os sequestradores entraram em contato com o jogador e pediram resgate. E ameaçaram torturar e matar o pai do atleta. Mesmo assim, o jogador ficou os 90 minutos em campo por não poder decepcionar seu time ou os torcedores. Depois de uma semana, o pai do jogador foi achado pela polícia.


Ei Fatos, não deixe de conferir:

A câmera das meninas desaparecidas revela fotos arrepiantes e sem explicação

Próxima Matéria
avatar Bruno Dias
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.

Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+