• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


O mini documentário pouco conhecido de Jim Carrey sobre como a arte o salvou da depressão

POR Jesus Galvão    EM Entretenimento      04/04/19 às 14h50

Se você é uma pessoa acima dos 20 anos de idade, muito provavelmente você sabe quem é Jim Carrey. O ator e comediante canadense fez muito sucesso no cinema no começo dos anos 2000, e muitos de seus filmes, como Ace Ventura, Todo Poderoso e Eu, Eu mesmo e Irene se tornaram um verdadeiro sucesso em terras tupiniquins.

O que muitos de seus fãs não sabem, é que Jim passou por um longo tempo lutando contra a depressão. Retratando um pouco de sua luta, Jim lançou, há algum tempo, um documentário chamado I Needed Color, algo como Eu Precisava de Cor, em tradução livre. Nele, o artista se abre a respeito de como a arte transformou sua vida.

Eu precisava de cor

O rei das comédias passou um bom tempo longe das grandes telas nos últimos anos. Muitos daqueles que acompanham de perto a carreira do canadense se perguntavam o que havia acontecido a ele. A resposta para tal pergunta surgiu recentemente em formato de um mini documentário de 6 minutos lançado na plataforma de vídeos Vimeo.

Além de mostrar como seus dons artísticos vão muito além da interpretação, Jim deu um belo depoimento sobre como isso transformou sua vida e o ajudou a superar um momento de dor. Jim Carrey é diagnosticado como bipolar e, por diversas vezes, já se manifestou a respeito de sua luta contra a depressão.

No curta-metragem é possível acompanharmos por alguns minutos o trabalho de Jim em seu estúdio de arte. Aos poucos, vão surgindo na tela algumas de suas pinturas. E é bem aprovável que você fique de queixo caído com as obras produzidas pelo ator.

Em um determinado momento do vídeo, Jim explica exatamente como a arte o tirou de um momento de aflição. "Eu me vi olhando ao redor em um inverno muito sombrio em Nova York. Era tão deprimente e... acho que eu precisava de cor", disse ele.

Com o documentário, temos acesso a um lado do comediante que a maioria de nós provavelmente não conhecia. Ele conta como sua paixão pela arte o motivou desde a mais tenra idade, mas que somente há pouco, descobriu o amor pela pintura de forma definitiva.

Terapia pela arte

O ator passou a usar a pintura como terapia. Uma forma de expurgar de si sentimentos que ele não conseguiria lidar sem a ajuda das cores. "Você pode dizer o que eu amo pela cor das pinturas. Você pode dizer sobre minha vida intima pela obscuridade de algumas. Dá pra saber o que eu quero pelo brilho em alguns deles", revelou o astro.

Assim, através de suas obras, Jim vai nos revelando algo que dificilmente conseguiríamos observar apenas olhando sob a superfície. O ator, ao longo do vídeo, ainda revela o seu desejo de curar outras pessoas através da sua arte. Em um determinado momento, ele até mesmo fala sobre o porquê pinta imagens de Jesus, mesmo não sendo necessariamente religioso.

"A energia que envolve Jesus é elétrica. Eu não sei se Jesus é real, eu não sei se ele viveu, eu não sei o que ele quer dizer, mas minhas pinturas de Jesus são o meu desejo de transmitir a Consciência Crística", explica o ator conforme imagens de sua pintura vão se desenvolvendo na tela.

"Eu quero quero que você tenha o sentimento quando olha para seus olhos de que ele está te aceitando por ser quem você é. Eu quero que ele seja capaz de te olhar fixamente e te curar. Através da pintura", concluiu.

Em menos de 7 minutos, o documentário nos dá uma nova visão sobre a vida deste homem. E nos revela a profundidade de sua alma.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+