• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


O número de telefone amaldiçoado que matou todos os seus 3 donos

POR Natália Pereira    EM Mistérios & Horror      21/12/17 às 14h13

Sabe aquelas lendas que ouvimos de vez em quando  sobre maldições que a maioria não acredita? O motivo da desconfiança é fácil, as pessoas gostam de contar e aumentar as histórias. Contos de terror ganham bastante visibilidade seja nos meios de comunicação ou mesmo no boca a boca. Uma pesquisa mostrou que uma em cada cinco pessoas acreditam em feitiços e bruxaria e muitos gostam de usar esse fato para "assombrar" as pessoas. Você acredita nesse tipo de coisa?

As vezes é difícil acreditar em coisas que não fazem sentido para nós. Mas duvidar de coisas realmente estranhas e inexplicáveis que acontecem de vez em quando também não é nada fácil. Um número de telefone tem causado certa polêmica por ter matado 3 de seus donos. Todos de formas extremamente estranhas. Será que tudo não passa de uma infeliz coincidência ou esse número é realmente amaldiçoado?

Os casos

Há muita coisa estranha nessa história. O número pertencente a uma companhia telefônica da Bulgária chamada Mobitel pertenceu a 3 homens que vieram a falecer. Além do estranho número 0888 888 888 todos eles tiveram um vão de 2 anos entre suas mortes. O primeiro deles era CEO da empresa que distribuía o número, Mobitel. Seu nome era Vladimir Grashnov e ele tinha 48 anos quando morreu. Ele teve um câncer provocado provavelmente por uma radiação nociva da qual teve contato. Ela causou a sua morte em 2001.

Seu próximo dono morreu 2 anos depois, em 2003, quando tinha 31 anos. Ele era um famoso chefe da máfia chamado Konstantin Dimitrov e foi assassinado na Holanda enquanto estava em um encontro com a namorada. Sua morte pode não parecer tão estranha devido o meio em que ele estava mas a sequência de fatos contribuiu para as suspeitas. Seu último dono carregava o mesmo nome do mafioso. Konstantin Dishliev era um corretor de imóveis que mexia secretamente com o tráfico de cocaína. Ele morreu em 2005 assim que levou um tiro durante o seu almoço.

Não existem explicações que justifiquem a morte dessas 3 pessoas nem porque cada uma morreu de forma tão estranha após adquirir o número. As opiniões a esse respeito têm dois lados principais, aqueles que acreditam na maldição do número e os que creem que nada passou de uma trágica e estranha coincidência. Independente desses posicionamentos a companhia telefônica que mantinha o número, Mobitel, resolveu desativá-lo para evitar a possibilidade de mais um incidente. Qual o seu lado nessa história?

Próxima Matéria
Via   G1     Globo     Gizmodo  
Natália Pereira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+