• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


O que acontece quando você tenta mergulhar nas fontes termais de Yellowstone?

POR Cristyele Oliveira    EM Curiosidades      29/10/19 às 13h08

O Parque Nacional de Yellowstone é uma área selvagem de quase 3.500 milhas quadradas, no topo de um ponto quente vulcânico. O lugar é famoso por seus impressionantes desfiladeiros, rios, florestas exuberantes, águas termais e gêiseres jorrantes. Além disso, o parque abriga uma enorme variedade de espécies animais, como ursos, lobos, bisões e antílopes. Ou seja, um lugar cheio de perigosos bichos, mas, sem sombra de dúvidas, a maior ameaça em Yellowstone são as suas fontes termais. Em suma, elas, por estarem em um ponto vulcânico, são obviamente muito quentes, tão quentes a ponto de derreter um corpo humano.

E foi exatamente isso que aconteceu. O que não é bem uma surpresa. Todo mundo deve saber, se mergulhar em águas extremamente quentes, que irá se queimar. Mas o que aconteceu com um homem de 23 anos, chamado Colin Scott, foi um acidente. Ele confirmou esse perigo da pior forma possível: caindo de cabeça dentro de uma fonte termal escaldante em Yellowstone. Seus restos mortais nunca foram encontrados, pelo simples fato de não ter mais restos mortais para encontrar. O seu corpo literalmente derreteu.

O acidente

Colin e sua irmã, Sable Scott, estavam explorando a Bacia do Gêiser de Norris, a área térmica mais antiga e quente de Yellowstone. Até que decidiram deixar a segurança do calçadão e procurar uma aventura fora da estrada. Segundo informações do Associated Press, a dupla estava tentando encontrar "um lugar em que eles poderiam entrar e aproveitar". E foi quando a tragédia aconteceu.

Sable estava filmando Colin, quando ele tropeçou e caiu dentro da fonte. As autoridades optaram por não divulgar as imagens, devido à sua natureza traumática. Mas segundo eles, o vídeo ainda mostra Sable tentando resgatar o irmão. Porém, sem sucesso.

O calçadão paira sobre as piscinas cristalinas, possibilitando aos visitantes do parque apreciarem os brilhantes tons de azul, verde, laranja e amarelo, que borbulham nas fontes. Mas, com segurança, para que acidentes como esses não aconteçam.

A dupla caminhou aproximadamente dois quilômetros de distância da área do calçadão. De acordo com funcionários do parque, os dois irmãos entraram em uma região isolada, onde apenas uma fina camada de terra os separava do banho quente da morte.

Uma tragédia

Após a queda de Colin dentro da caldeira, sua irmã buscou por ajuda imediatamente. Mas, devido a uma tempestade elétrica, o corpo de Colin teria flutuado até a superfície no dia do acidente, os guardas florestais e de resgate não conseguiram recuperá-lo. Muito provavelmente, porque ele se dissolveu.

As autoridades responsáveis pelo parque encerraram as buscas pelo corpo de Colin, na semana passada, "devido à natureza extrema e à futilidade de tudo", disse a porta-voz do parque, Charissa Reid.

Esse acidente marca a primeira morte ligada às fontes térmicas em 16 anos no Parque Nacional de Yellowstone. No total, o parque tem mais de 10 mil recursos térmicos, entre fontes termais e saídas de vapor.

Um acidente lamentável, mas previsível devido à imprudência dos visitantes. Enfim, fica o alerta para que ninguém tente fazer algo parecido ou infringir as normas de segurança.

Próxima Matéria
Via   Ati  
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+