icone menu logo logo-fatos-desconhecidos.png


O que aconteceria se o ser humano usasse 100% do seu cérebro?

POR Magno Oliver    EM Ciência e Tecnologia      25/09/15 às 18h42
capa do post O que aconteceria se o ser humano usasse 100% do seu cérebro?

O cérebro humano é considerado um máquina fantástica. Ele trabalha com muitas informações e coordena o funcionamento de vários órgãos do corpo. De acordo com pesquisas de cientistas americanos, o órgão do corpo humano não tem um caminho definido quando recebe um estímulo, no entanto passa por vários caminhos de neurônios e alguns levam informações que nada servem e possuem relação com o assunto tratado.

E muitos mitos acerca do cérebro já foram criados. Aqui no site da Fatos Desconhecidos, nós já exibimos para você uma matéria exatamente para testar a capacidade de funcionamento do seu cérebro (Clique aqui e confira a matéria).

Muito se comenta a respeito da funcionabilidade e capacidade de execução do cérebro humano. Será mesmo que este órgão é uma potência assim? Quanto em porcentagem usamos o nosso cérebro? O que aconteceria se o ser humano usasse 100% da capacidade do seu cérebro?

Na teoria, o ser humano acaba usando em 100% o cérebro. Só que não é cem por cento, em termos gerais.  Em uma situação de simples conversa com uma pessoa, todas as áreas do cérebro podem ser ativadas, porém, só uma parte do potencial de cada uma delas.

De acordo com a presidente da Mensa Brasil, a psicóloga Cristiane Cruz, todas as pessoas seriam superdotadas e ainda mais poderosas. Ela faz parte de uma associação que visa reunir os 2% de pessoas mais inteligentes do país.

Com o cérebro funcionando em capacidade máxima, digeriríamos sensações, sentimentos, pensamentos e informações em uma velocidade muito maior. Mas mesmo com esse potencial de processamento de atividades e tudo mais, nenhuma pessoa seria boa em absolutamente tudo.

Segundo o professor de Psicologia da USP, Ailton Amélio, "Mesmo mais inteligentes, continuaríamos sendo diferentes um do outro desde o nascimento, porque os genes de cada um interferem na inteligência". Mas assim como muitos supercomputadores e processadores por aí, o cérebro acabaria ficando cansado por conta do trabalho excessivo e a dor de cabeça seria grande, uma vez que até computadores sofrem bugs de vez em quando.


Próxima Matéria
avatar Magno Oliver
Magno Oliver
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest