• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


O que aconteceria se toda a internet desligasse de repente?

POR Arthur Porto    EM Ciência e Tecnologia      22/10/19 às 11h00

O que aconteceria se a internet parasse de funcionar? O que aconteceria se o mundo, digamos, entrasse em colapso? Para responder tais questões, antes de tudo, é preciso entender melhor tal universo. 

Antes de tudo, conceito. A internet é uma rede global de computadores interligados. Tais computadores utilizam uma série de regras de comunicação para trocarem informações entre si. Em suma, a internet surgiu em 1974, quando pesquisadores criaram o Internet Protocol Suite. Conhecido também como TCP/IP, o Internet Protocol Suite é um protocolo de comunicação entre computadores.

Basicamente, tal protocolo oferta a cada computador um endereço único. É esse endereço que será localizado por outros computadores. Tal endereço é chamado de IP, ponto fundamental para conectar um dispositivo à internet. Além de conectar um dispositivo a internet, o IP também é utilizado para conectar redes locais.

No entanto, para trocar informações, os dispositivos utilizam uma série de protocolos. Um dos protocolos mais comuns é o TCP, considerado uma das bases da internet. Analogamente, as regras de comunicação baseiam-se nele.

Mas, afinal, o que aconteceria se ficássemos sem internet?

Em suma, muitos poderiam enlouquecer, não? Brincadeira à parte, mesmo que uma seção inteira de Internet ficasse offline, outras seções poderiam permanecer funcionais. Embora dados armazenados nos dispositivos possam ser eliminados, a Internet, em si permanecerá.

Mas e se sofrermos uma perda de conexão, como isso nos afetaria? A vida mudaria drasticamente ou seríamos capaz de nos reajustar? De acordo com especialistas, ficar sem Internet, por um determinado tempo, não acarretaria amplos danos colaterais. Entretanto, tudo depende do setor. 

Por exemplo, em caso de empresas e indústrias, a falta de acesso poderia aumentar a produtividade dos funcionários. O ramo do turismo também não seria afetado drasticamente. Afinal, aviões, ônibus, barcos e outros meios poderiam circular normalmente sem estarem conectados a rede. Agora, a logística das empresas que atuam na área, poderiam, sim, sofrer certos danos. No entanto, nada alarmante. 

Em contrapartida, uma grande falha na comunicação, provavelmente, poderia ocasionar alguns efeitos psicológicos, como sentimentos de isolamento e ansiedade. A Internet é projetada para um propósito: permitir a comunicação. Estamos acostumados a nos conectar com qualquer pessoa, em qualquer lugar e a qualquer momento. 

Afetar tal capacidade poderia ser perturbador. Por outro lado, para muitos, tais sentimentos seriam passageiros. Não estar conectado pode fazer com que as pessoas reconheçam o que é, realmente, importante na vida.

Cronologia

Em 1995, menos de 1% da população mundial estava online. Em suma, a internet era utilizada predominantemente por pessoas do Ocidente. O rápido avanço tecnológico permitiu que, atualmente, mais de 3,5 bilhões vivam conectados. 

Ou seja, tais avanços permitiram que quase metade de todos os seres humanos, no planeta, vivesse a experiência de estar conectado. Além disso, tal estimativa não para de crescer.

Segundo o Pew Research Center, um quinto de todos os americanos diz estar conectado "quase constantemente". Os números, no Reino Unido, são semelhantes. De acordo com uma pesquisa, realizada em 2016, quase 90% dos ingleses disseram usar a internet. 

Dentro de tal cenário, não é difícil imaginar porque, para muitos, agora, é praticamente impossível imaginar a vida fora da rede.

Próxima Matéria
Via   BBC  
Arthur Porto
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+