• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


O que aconteceria se um buraco negro do tamanho de uma moeda aparecesse na Terra?

POR Maria Ritha Paixão    EM Ciência e Tecnologia      15/04/19 às 17h22

Buraco negro é uma região no espaço perigosíssima, com uma massividade extremamente alta onde nem a luz pode se safar de dentro. Já imaginou se surgisse um pequeno buraco negro na Terra? Talvez fosse o fim da vida no nosso planeta. Será?

No centro de todas as galáxias habita um buraco negro e este pode chegar a medir apenas o tamanho de um átomo. Mas não se engane, os mesmo podem também atingir quilômetros de distância. Esse lugar é decorrente da morte de estrelas supermassivas.

Mas, já parou para pensar no que aconteceria se um corpo celeste desses, que têm o tamanho de uma moeda, surgisse no nosso planeta? Não seria uma boa ideia. Mesmo sendo difícil de criar um lugar tão compactado e concentrado de gravidade, a pior decisão seria chegar perto de um lugar assim.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Para equiparar a força gravitacional de um buraco negro, basta apenas imaginar que esse pequeno local, com o tamanho de uma moeda, teria a mesma massa do planeta Terra. A menos de 33 pés, a atração seria mais de um bilhão de vezes maior do que a de nossa atmosfera.

É assustador, não é? Mas não se preocupe. A Terra jamais seria engolida por um buraco negro. Para entender melhor, é bom saber que esse pequeno e denso orifício entraria em choque com a própria órbita gravitacional da Terra. Poderia até engolir pequenos pedaços, mas vale lembrar qual o papel do buraco negro.

Sua função é prender planetas e estrelas em uma órbita gravitacional, mantendo todos os elementos da galáxia em perfeito equilíbrio. Para ser sugado por um buraco negro, seria necessária uma distância mínima. E o mais interessante é que, para fugir de um situação dessas, somente com uma velocidade acima da velocidade da luz. Ou seja, para safar-se dessa emboscada seria preciso atingir algo quase impossível dentro da espontaneidade e controle humanos.

Buraco negro do tamanho de uma moeda

 

 

 

 

 

 

 

 

Começamos aqui com a informação de que uma moeda tem cerca de 5 gramas. Isso seria o suficiente para criar um buraco negro de apenas 1 átomo. Por ser tão pequeno, o mesmo evaporaria em uma fração de segundos e expeliria partículas de volta para o espaço.

A pequena massa jogada de volta ao espaço, em forma de partículas, por menores que fossem, liberariam a energia de 450 joules. A radiação conhecida como Hawking causaria uma explosão com o mesmo teor de 100 mil toneladas de TNT. Não detonaria o planeta por inteiro, mas prejudicaria bastante o que estivesse próximo da explosão.

Vale lembrar que ainda não temos a capacidade de compactar tanta energia. É demais em um mesmo lugar para se criar um buraco negro. Então, esse fenômeno é praticamente impossível de acontecer. Um buraco negro de verdade teria que ter uma massa muito grande. Talvez o equivalente a um monte Everest inteiro, para engolir, quem sabe, o planeta.

Primeira imagem do buraco negro

Recentemente, a primeira imagem do buraco negro foi descoberta na Europa. Isso graças a eficiência de 207 pesquisadores. Katie Bouman teve o trabalho de reunir o material de 8 telescópios responsáveis pela captura das imagens.

A galáxia que habita o buraco negro descoberto foi batizada como M87 e está a 500 quintilhões de quilômetros da Terra. Se a pequena moeda ilustrada aqui para descobrir se a Terra, seria engolida, imagine num exemplo como o ilustrado nessa imagem extraída do espaço. Esta, no caso, é real e mostra que o corpo celeste tem a massa de 6,5 bilhões de vezes maior que o sol.

A imagem é um incrível anel de fogo com várias distorções e tem três milhões de vezes o tamanho da Terra. É incrível ou não é?!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

E você? Já pensou a respeito?

Próxima Matéria
Via   Brasil Escola     Insh  
Maria Ritha Paixão
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+