icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


O que é e como surgiu o 'Black Lives Matter'?

POR Erik Ely    EM Curiosidades      03/07/20 às 10h37
capa do post O que é e como surgiu o

A recente onda de protestos que ocorreram após a morte de George Floyd e que lutavam contra a violência policial e o racismo, fez o movimento 'Black Lives Matter' (Vidas Negras Importam, em tradução), ganhar espaço em grandes veículos novamente. Mas, mesmo tendo ganhado visibilidade recentemente, o movimento antirracista já existe há alguns anos. Por isso, hoje, vamos responder algumas questões a respeito de como o que é e como surgiu o movimento.

No dia 25 de maio, George Floyd, um homem negro de 46 anos, foi morto por um policial branco que o asfixiou enquanto ele estava algemado. Dessa forma, mesmo pedindo para ele parar, o policial continuou em cima de Floyd enquanto um outro oficial assistia a cena. Portanto, com a repercussão do caso, mais do que nunca, fez-se necessário para afirmar que vidas negras importam. Dito isso, várias celebridades e pessoas influentes têm declarado apoio ao movimento que surgiu em 2013.

É preciso lembrar que 'Vidas Negras Importam'

Também conhecido como BLM, o movimento 'Black Lives Matter' surgiu em 2013. Nessa época, três ativistas norte-americanas se uniram para lugar contra o racismo. Elas eram: Alicia Garza, da aliança nacional de trabalhadoras domésticas; Patrisse Cullors, da coalizão contra a violência policial em Los Angeles; e Opal Tometi, da aliança negra pela imigração justa. Contudo, com o tempo, o movimento ganhou força e hoje se tornou uma fundação global. Desse modo, sua missão é erradicar a supremacia branca e construir poder local para intervir na violência infligida às comunidades negras", seja pela polícia ou pelo próprio Estado.

Em 2013, as três mulheres buscavam justiça pela morte de Trayvon Martin, um adolescente negro que foi morto por George Zimmermann, enquanto voltava para casa após comprar doces. Martin foi morto com um tiro no peito em Sanford, na Flórida. Contudo, mesmo com as evidências do assassinato, Zimmermann foi absolvido do caso.

A morte de Trayvon acabou não tendo a repercussão que merecia e o movimento ativista somente ganhou destaque no ano seguinte. Isso aconteceu após mais dois casos de pessoas negras mortas por policiais nos Estados Unidos. As vítimas eram: Michael Brown, de 18, baleado em Ferguson, e Eric Garner, de 43, estrangulado em Nova York. Em ambos os casos, os dois estavam desarmados.

Não se trata de negros contra brancos, essa é uma luta de todos contra o racismo

Inicialmente, o movimento começou tratando da brutalidade policial contra a população norte-americana e principalmente, negra. Porém, com a visibilidade do movimento, ele continuou a manter sua pauta inicial e se transformou em um movimento que também luta pelos direitos da população preta. "Não é uma guerra entre brancos e negros, mas uma luta de todos contra o racismo. O Black Lives Matter deu visibilidade, mas a nossa luta é muito mais antiga, pela existência como seres humanos, pelo direito de viver e sair na rua sem ser alvejado", afirma Silvana Inácio, jornalista e criadora do Podcast Zumbido.

Por fim, precisamos nos lembrar que o Black Lives Matters não está apenas nas redes sociais. Isso porque, o movimento representa uma luta diária e que abrange muitas causas. Portanto, vemos o movimento em protestos, manifestações e ações de mídias sociais. "O grande legado do Black Lives Matter é esse: chamar a atenção para esta luta e ecoar que não somos simplesmente estatísticas em um gráfico", completa Silvana.


Próxima Matéria
avatar Erik Ely
Erik Ely
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest