• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


O que era a ordem dos assassinos? Qual o objetivo deles?

POR Lucas Curado    EM História      21/11/17 às 16h16

Se você acha que os primeiros assassinos a usar vermelho e branco estão na franquia Assassin's Creed, você está muito enganado. Há alguns séculos atrás uma temível ordem de assassinos surgiu no Oriente Médio. Eles acreditavam nas profecias do velho da montanha e se misturavam entre os pobres e miseráveis. Quando era o momento certo, eles "despertavam" e eliminavam seu alvo a sangue frio. Com uma dedicação fanática e fé inabalável, esse assassinos aterrorizavam o mundo árabe e influenciaram a criação da Ordem dos templários. O velho da montanha um dia disse: "Nada é verdade, tudo é permitido!" e assim os Nizarin surgiram.

Conheça um pouco da história por traz desse culto assassino que surgiu a muitos anos atrás e porque eles faziam o que faziam. Assassinos cruéis e obcecados, cegos pela lei divina e detentores dos punhais que expurgariam o mundo Árabe. O que era a ordem dos assassinos? Qual o objetivo deles? A Fatos Desconhecidos traz um pedacinho dessa história para você.

A Ordem dos assassinos

No final do século XI até o a metade do século XIII, um grupo de assassinos ismaelitas que se denominavam Nizarin existia no Oriente Médio. Muito similar a uma seita, os Nizarin eram incumbidos de realizar missões consideradas quase suicidas e eliminar alvos impossíveis.

A seita surgiu no ano de 1090 com Hassan Sabbah, O velho da montanha. O sheik então era considerado a representação de Alá (Deus) por aqueles que o seguiam, tendo autoridade de vida e morte sobre todos de sua Ordem.

O velho da montanha considerava o mundo como um lugar afundado no pecado e miséria, sem mais salvação. Por esse pensamento, Hassan declarou guerra a religião islâmica sunita e aos governantes do Islã. Ele então decide apoiar um governante chamado Nizan, logo criando os Nizarins. Hassan comprava e acolhia crianças miseráveis para construir seu exército de fiéis, além de ser dar boas vindas a interessados que passassem nos exames de admissão dos Nizarin.

Hassan Sabbah já liderava 70 mil homens e mulheres espalhados por todo o país. Seu alvos iam de Sultões a Cavaleiros Cruzados, pois acreditava que esses eram uma barreira para expurgar esse mundo. Como percebe-se, Sultões e cavaleiros não são alvos convencionais. Hassan só focava em figuras com poder. Gaba-se que seus seguidores eram capazes de assassinar qualquer um e cumprir qualquer missão a eles designada.

Os Nizarins

A fortaleza impenetrável de Alamut era a sede da seita assassina, os fadavis (devotos) andavam pela fortaleza usando seus trajes brancos de cordões vermelhos. Todavia, ao receberem suas missões se misturavam aos mendigos e levavam uma vida sem levantar suspeitas. Nas cidades da Síria, Mesopotâmia, Egito e Palestina permaneciam indistintos até serem a eles dado um alvo. A ordem ficou famosa pelo temor que levantava a todos no oriente médio, é dito que deixaram um punhal com uma mensagem para o próprio Grande Sultão Saladino como um aviso, despertando temor no poderoso líder.

Quando capturados, esses nada falavam e permaneciam indiferentes a morte. Os agentes inalavam haxixe para permanecerem calmos e protegiam suas línguas com o seu fanatismo. Seus carcereiros temiam os Nazarins pela notável indiferença que esses tinham perante a forca e a lâmina.

Os Nizarin aguardavam a Qiyamat al Qiyamat  (ressurreição das ressurreições) onde não mais haveria religião, templos ou cultos, e seria o dia onde seus inimigos seriam eliminados pela lei lâmina do punhal. Nesse dia eles não mais sairiam de Alamut, apenas quando fosse a eles dado suas missões.

Os Nizarin era temidos e odiados por Sunitas e Xiitas, Árabes e Turcos, por isso eles acabaram se aproximando dos cavaleiros cristãos a parecerem na região .A Ordem do Assassinos foi uma grande influencia para a criação dos templários. A disciplina espiritual, dedicação fanática e a devoção e fé desses assassinos foi abraçada por grande parte da Ordem do templo. Tanto é verdade que a cor adotada pelos Nizarins é a mesma adotada pela Ordem dos templários.

O Fim da Ordem

A ordem nunca foi sobrepujada no oriente médio por nenhum de seus inimigos convencionais. A poderosa fortaleza de Alamut era impenetrável e temida por seus inimigos. Não foram Árabes, Turcos ou os cristãos que tomaram a fortaleza, mas invasores mongóis que acabaram de vez com a Temida Ordem dos Nizarin em 1260.

A lenda desses assassinos fanáticos se espalhou no mundo ocidental pelos contos dos cavaleiros e monges que retornavam de suas missões. Nunca se viu um ordem tão disciplinada e temida no mundo Meso-Oriental. Os Nizarin não só influenciaram os templários, mas ainda influenciam as histórias que são contadas até hoje. Um grande exemplo disso é o game da Ubisoft, Assassin Creed.

E aí, o que você achou dessa matéria? Deixe seu comentário aqui embaixo e até a próxima!

Próxima Matéria
Lucas Curado
Não só redator... Como também músico e compositor. Amante de um bom humor ácido e memes.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+