icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


O que o criador de Black Mirror acha da situação do mundo atual

POR Bruno Dias EM Entretenimento 07/05/20 às 19h26

capa do post O que o criador de Black Mirror acha da situação do mundo atual

Black Mirror é uma série criada por Charlie Brooker e aborda temas obscuros e satíricos sobre a sociedade moderna, e as consequências das novas tecnologias. A ficção científica é uma série antológica. E cada episódio mostra uma história autônoma da anterior. O link entre os episódios está nos temas que tratam da contemporaneidade tecnológica e onde se especula sobre o futuro. Futuro esse que pode estar mais perto do que podemos imaginar. Com os avanços tecnológicos, tudo muda em nossa vida. Como comemos, aprendemos coisas novas e até as ligações pessoais.

E quando você assiste a série é quase desconcertante imaginar que o que é mostrado nos episódios pode sim ser uma previsão para o nosso futuro.

Apesar da crítica explícita à sociedade e à tecnologia, muitas delas são cogitadas atualmente e provavelmente não demorarão muito para se tornar uma realidade. Sendo que algumas delas já estão em desenvolvimento ou até mesmo já existem, mesmo que em menor proporção. A série fez tanto sucesso que pessoas começaram a relacionar algumas questões polêmicas e tecnológicas com a frase viral: "Isso é tão Black Mirror".

Declaração

E o que seria mais "Black Mirror" do que o criador da série falar sobre um mundo que parece distópico, mas na realidade é o mundo real em que estamos vivendo. Em uma entrevista ao Radio Times do Reino Unido, Brooker disse que não está trabalhando na sexta temporada da série. O motivo? Ele disse que acha que o mundo já está sombrio o suficiente.

"No momento, não sei qual seria o estômago para histórias sobre sociedades desmoronando, então não estou trabalhando em nenhuma delas. Estou ansioso para revisitar meu conjunto de habilidades em quadrinhos, por isso escrevi roteiros para me fazer rir", disse.

Série

A série foi exibida originalmente no Channel 4, da BBC. A emissora exibiu as duas primeiras temporadas e mais um especial. Em 2016, a Netflix comprou os direitos e assumiu a produção. Foi a partir de então, que o programa se popularizou e ganhou mais destaque mundial. Na plataforma de streaming, Black Mirror teve mais temporada. Além de um filme interativo no formato de "escolha sua própria aventura", chamado Bandersnatch.

E os assuntos escolhidos para serem abordados nos episódios foram os mais sombrios. Eles iam desde forçar o primeiro-ministro do Reino Unido a fazer sexo com um porco, até um implante de memória que registra tudo o que a pessoa vê e ouve.

Por causa da situação em que estamos vivendo, com a pandemia de coronavírus matando milhares de pessoas, não é tido como um choque que Brooker não esteja pensando em uma nova temporada para Black Mirror. Afinal de contas, o mundo já está caótico o bastante na vida real. E a ficção agora é um lugar para se procurar um refúgio.


Próxima Matéria
Via   Futurism  
Imagens Giphy Wired
avatar Bruno Dias
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest