icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


O que vai acontecer após a votação final do processo de Impeachment

POR Karen Batista EM Curiosidades 26/08/16 às 17h02

capa do post O que vai acontecer após a votação final do processo de Impeachment

Todo mundo acompanhou há alguns meses atrás a abertura do processo de impeachment da até então "presidenta" Dilma Rousseff, a votação que a priori aconteceu na câmera dos deputados, foi televisionada, e todo brasileiro teve a oportunidade de acompanhar voto por voto, e claro também as suas justificativas.

Mesmo assim, muita gente ainda ficou sem entender qual eram os próximos passos para dar sequência ao processo e o que realmente aconteceria ao nosso país, visto que não é todo dia que se tem um impeachment por aqui, mais precisamente podemos dizer que há 24 anos pelos menos não se tinha.

Pois bem, a primeira coisa que precisamos entender antes de pensar nas possíveis e prováveis coisas que acontecerão é exatamente entender em qual etapa já está o processo, e claro quais são as suas consequências.

Aquele momento que todo mundo presenciou e assistiu pela TV, foi portanto, a votação para se abrir ou não um processo de impeachment o que não necessariamente significou o afastamento definitivo da até então presidente Dilma Rousseff.

Após aquela data, o processo correu para o senado, que formou uma comissão especial de apenas 21 integrantes e determinou que existia razões para dar continuidade ao processo, como consequência a presidente ficou afastada temporariamente 180 dias de seu cargo, e foi neste momento que o seu vice, Michel Temer assumiu o cargo, como presidente interino, ou seja, aquele que ocupa o cargo provisoriamente.

Durante todos esses meses de afastamento provas e depoimentos foram recolhidos e analisados para serem encaminhados para o processo de impeachment, este mesmo processo foi novamente conduzido ao senado e desta vez Dilma Rousseff de fato se tornou ré na chamada produção de juízo de pronúncia. Neste momento o processo está no Plenário do Senado onde ainda será decidido se ela será condenada ou absorvida do caso.

Ou seja, após muita burocracia, por fim será decidido se Dilma Rousseff é ou não culpada e deve se afastar definitivamente de seu cargo, mas bom, o que irá acontecer após essa votação?

Se o resultado da votação for a favor da presidente:

Se Dilma Rousseff for absorvida da acusação de crime de responsabilidade ela reassumira imediatamente o seu cargo, e continuará como presidente de nosso país até o ano de 2018, onde novas eleições acontecerão. Michel Temer automaticamente também voltará ao seu cargo de vice-presidente, e independente da aceitação popular, ela estará legalmente exercendo seu mandato.

Já as previsões para as próximas eleições também não são assim tão favoráveis para aqueles que agora não mais simpatizam com o PT, visto que que apesar de não terem se anunciado como candidatos, os principais possíveis concorrentes segundo uma pesquisa da Confederação Nacional de Transportes é Lula (caso não seja condenado), Aécio Neves, Jair Bolsonaro, Marina Silva e Michel Temer.

Se o resultado da votação for contra Dilma Rousseff

Caso condenada Dilma Rousseff será destituída definitivamente do cargo de presidente, e Michel Temer assumirá definitivamente o seu cargo, até o período das novas eleições. Consequentemente Dilma também ficaria inabilitada para exercer qualquer função política pelos próximos 8 anos podendo retornar a política após esse prazo.

E então queridos leitores, vocês já sabiam que era isso que está prestes a acontecer? Conta pra gente aqui em baixo pelos comentários, para qual dos resultados você está torcendo!


Próxima Matéria
avatar Karen Batista
Karen Batista
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest