• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


O terrível laboratório alemão onde animais estavam sendo torturados em 2019

POR Jesus Galvão    EM Mundo Animal      18/10/19 às 12h24

Um laboratório na Alemanha está sendo investigado após ser feito pedido de seu fechamento. Em suma, o motivo é por submeter macacos à condições "bárbaras". Além do mais, cães doentes, em situação de extrema magreza, também foram encontrados no estabelecimento. Algumas gravações, capturadas no Laboratório de Farmacologia e Toxicologia (LPT), próximo à cidade de Hamburgo, foram publicadas pela ONG Cruelty Free International e pela Soko Tierschutz.

Nelas, é possível vermos alguns funcionários do laboratório utilizando pinos de metal para prender macacos pelo pescoço. No local, são realizados testes em animais. Nesse ínterim, os macacos são mantidos presos durante esses testes. O vídeo expõe toda a violência sofrida pelos animais no laboratório. Em um determinado momento, um dos primatas bate a cabeça contra o batente da porta.

Em suma, os macacos são mantidos em gaiolas de metal, com menos de um metro cúbico. Por vezes, eles são vistos girando dentro delas. Do mesmo modo, se pode notar altos níveis de estresse e angústia sentidos por esses animais. Analogamente, os cães podem ser vistos deitados sobre o que aparenta ser suas fezes e sangue. Um deles nas filmagens parece estar sangrando. Do mesmo modo, os gatos também não escapam dos maus-tratos empregados pelos funcionários do lugar.

Posteriormente à divulgação das imagens, ativistas do mundo todo começaram a se pronunciar sobre o assunto. Além de apontarem que o laboratório fugia a lei de redução do sofrimento animal, exigida por muitos países. Para Kate Willett, da Humane Society International, as condições em que se encontravam os animais eram "assustadoras".

"Os técnicos estão tratando os animais violentamente", disse ela. "Esse tipo de tratamento é eticamente inaceitável e possivelmente ilegal. Cada país desenvolve suas próprias diretrizes de cuidados com animais, mas os cães alojados nessas condições terríveis não atendem aos padrões dos EUA ou do Reino Unido e têm sérias implicações na qualidade dos resultados científicos".

Barbaridade

Willett ainda afirma que, qualquer dado de pesquisa coletado dos animais seria "praticamente inútil", uma vez que suas condições fisiológicas estariam alteradas pelo sofrimento que estavam enfrentando. "É hora desse tipo de teste ser banido para a lixeira do história", acrescentou ela. "Existem novas metodologias disponíveis para testes de segurança que não utilizam animais, portanto, é imperdoável ver esse tipo de abuso em nome da ciência no século 21".

Desde 2015, o laboratório alemão recebeu nove inspeções. Sete delas foram realizadas de surpresa. Em 8 de outubro, uma delas ocorreu de forma diferente. A qual serviu para evidenciar os abusos sofridos pelos animais às autoridades. Uma semana depois uma outra visita sem aviso prévio foi feita. De acordo com os inspetores, 44 macacos estavam sendo mantidos "em gaiolas pequenas demais" e foram relatados "danos a longo prazo e sofrimento considerável".

Posteriormente, a Cruelty Free International, depois que o LPT informou que as autoridades nunca se opuseram à forma como os animais eram "criados", afirmou que as condições "violam claramente" os requisitos mínimos de bem-estar animal da União Europeia. Por causa disso, ainda exigiu o fechamento da instalação.

"Ao não adotar métodos que possam reduzir o sofrimento e o estresse experimentados por macacos, cães e gatos, o LPT está aquém dos critérios obrigatórios da legislação da União Europeia e da Alemanha", disse um porta-voz da ONG. "Isso não pode ser tolerado, e estamos pedindo que este laboratório seja fechado e uma investigação completa por parte das autoridades alemãs".

Devido à natureza sensível das imagens, optamos por não publicá-las. Para aqueles que desejam assistir ao vídeo citado acima, clique aqui.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião. Posteriormente, não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+