icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


O volume de plástico pode superar o tanto de peixes nos oceanos

POR Bruno Dias    EM Curiosidades      04/03/20 às 16h28
capa do post O volume de plástico pode superar o tanto de peixes nos oceanos

Um colapso ambiental está cada dia mais perto de nós. E devemos culpar a nós mesmos por isso. Problemas no meio ambiente, como aquecimento global e buraco na camada de ozônio, são uma ameaça à vida humana. Além de serem um perigo para a permanência de qualquer ser vivo no planeta Terra. De todos os problemas ambientais, a poluição e suas consequências são alguns dos mais preocupantes.

poluição dos oceanos é um problema urgente e que aumenta a cada dia. A população marinha está em risco com todo o lixo que descartamos nos mares.

Uma forma bastante evidente é a poluição pelo plástico que é descartado na natureza. O material pode demorar até mais de 600 anos para se decompor no meio ambiente.

Podemos presenciar o quanto a poluição nos afeta quando vemos animais cobertos de óleos, peixes envenenados, tartarugas presas em rótulos de embalagens entre outras coisas.

A poluição de plástico tem uma infinidade de consequências naturais. Por isso mesmo, o homem deveria ter mais cuidado com o que faz com os produtos ou resíduos desse material.

Processo

Para tentar fazer alguma melhora para o meio ambiente, o grupo ambientalista Earth Island Institute entrou com uma ação contra empresas grandes. Como por exemplo, a Coca-Cola, Pepsi, Nestlé e várias outras poluidoras de plástico. A ação era pelo fato delas enganarem de forma consciente o público consumidor sobre a quantidade de plástico produzido, que está realmente sendo reciclado.

"Essas empresas devem assumir a responsabilidade de sufocar nosso ecossistema com plástico", disse David Phillips, diretor executivo do Earth Island Institute.

"Eles sabem muito bem que esse material não está sendo reciclado. Mesmo dizendo às pessoas nas etiquetas que é reciclável e fazendo as pessoas sentirem que estão sendo cuidadas", continua.

Plástico

Phillips ainda faz um alerta. Que se esse ritmo continuar, o plástico nos oceanos vai superar o número de peixes até 2050. Além desse dado alarmante, a denúncia feita pelo grupo também diz que as 10 empresas que são citadas na ação são culpadas por fazer uma "campanha de décadas para desviar a culpa pela crise da poluição plástica pelos consumidores".

"Essas empresas terão que revelar o quanto sabem sobre o pouco que está sendo reciclado", ressalta Phillips.

Segundo números de 2017, os EUA reciclam somente 9% de todo o plástico que eles produzem. Os outros 91% são, aproximadamente 12% incinerados, e o restante vai para aterros sanitários.

Esses números foram coletados antes da China, que era a ex-maior importadora de materiais recicláveis dos EUA, proibir a maior parte das importações de plástico em 2018. Essa proibição fez com que os programas de reciclagem do mundo todo parassem e os aterros sanitários ficassem mais cheios.

Para tentar acalmar todos os ânimos, as empresas de bebidas disseram que já estavam trabalhando em uma solução para esse problema.

"As empresas de bebidas da América já estão tomando medidas para resolver o problema. Reduzindo o uso de plástico novo, investindo para aumentar a coleta de nossas garrafas. E colaborando com legisladores e especialistas de terceiros para obter resoluções políticas significativas", leu o porta-voz da American Beverage Association, em uma declaração.


Próxima Matéria
Via   Futurism  
avatar Bruno Dias
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest