• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Objeto misterioso de 2000 anos é encontrado em cidade mencionada no livro de Apocalipse

POR Diogo Quiareli    EM Curiosidades      02/04/20 às 15h37

O nosso mundo esconde diversos mistérios sobre o passado. Civilizações antigas foram totalmente dizimadas, mas deixaram várias coisas, que nos revelam seus segredos. Um objeto, uma carta, um documento... são muitas as opções. Por esse motivo, arqueólogos do mundo inteiro dedicam suas vidas, em busca de evidências que comprovem suas teorias sobre o passado. Existem os lugares mais prováveis de encontrarmos isso, como nas Pirâmides do Egito, na antiga cidade de Roma ou nos monumentos da Grécia. No entanto, não são os únicos. Há pequenos antigos vilarejos e cidades que sumiram por completo, que ainda contêm, pelo menos, um objeto antigo.

O mundo se surpreendeu recentemente com um achado bastante curioso. Arqueólogos encontraram um relógio de Sol. O objeto não é nada novo. Ele possui, na verdade, cerca de dois mil anos e foi encontrado na Turquia. Segundo os pesquisadores, o tal relógio de mármore marca a data do período helenístico. Ele foi localizado durante escavações em Denizil, onde, no passado, ficava a cidade de Laodiceia. Essa mesma cidade já foi mencionada no livro do Apocalipse, na Bíblia. Muitas pessoas ficaram intrigadas com a descoberta e buscam entender mais sobre o tal relógio.

Objeto curioso encontrado em cidade citada em Apocalipse

Esse objeto serve para medir a passagem do tempo pela observação da posição do Sol. Os tipos mais comuns são formados por uma superfície plana. Essa serve de mostrador, onde estão marcadas as linhas que indicam as horas. Ainda, há um pino ou placa chamado gnomon, onde a sombra projetada sobre o mostrador funciona como um ponteiro de horas em um relógio comum. Conforme a localização do astro muda no céu, a sombra desloca-se pela superfície do mostrador. Assim, passa sucessivamente pelas linhas que indicas as horas.

O chefe de arqueologia da Universidade de Pamukkale classificou esse artefato como "singular". De acordo com ele, o relógio ficava voltado para o sul e marcava os meses, as estações e horas. O objeto foi encontrado pelos arqueólogos praticamente intacto, faltando apenas o gnomon. A cidade de Laodiceia, onde foi encontrado, foi fundada no século III a.C. e era um rico centro comercial. Seus aquedutos forneciam água mineral de fonte termais situadas 10 quilômetros ao sul.

Essas águas chegavam lá numa temperatura morna. O seu sabor, devido ao alto teor de minerais, tinha fama de ser nauseante. Laodiceia também ficou conhecida por abrigar uma das sete igrejas da Ásia. Essas que Jesus incumbiu João de levar mensagens, de acordo com o livro de Apocalipse. O trecho no qual é citada faz referência a suas águas. "Assim, porque és morno e nem és quente nem frio, estou a ponto de vomitar-te da minha boca", diz Jesus na mensagem. Essa frase é interpretada por estudiosos da Bíblia como um alerta aos cristãos parcialmente comprometidos com Deus.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comente então pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos, pois o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.

Próxima Matéria
Via   History Play     Daily Sabah  
Diogo Quiareli
Geminiano, 25 anos, goiano.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+