• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Os 5 super-trajes mais ridículos dos heróis nos quadrinhos

POR Gabi Noronha    EM Fatos Nerd      29/06/17 às 13h57

Os uniformes dos super-heróis são mais que um mero traje. Se analisar mais a fundo, é possível perceber que as roupas fazem parte da personalidade, e mesmo da filosofia, de cada personagem. Por exemplo, Bruce Wayne é humano, é uma pessoa com uma dor profunda por nunca ter superado a morte dos pais. Gosta de ficar e, muitas vezes, até de trabalhar sozinho. Ele é um excelente detetive e um exímio lutador nas mais diversas artes. Suas atividades como vigilante de Gotham são predominantemente noturnas, por isso, seu traje é preto para poder se camuflar melhor nas sombras. Além disso, a cor pode ser interpretada como uma representação do luto em que o personagem vive. Todo o seu traje é moldado ao corpo justamente para lhe conceder melhor flexibilidade no combate corpo a corpo. Seu cinto de utilidades reúne vários dispositivos eletrônicos que o auxiliam tanto nas lutas quanto no rastreamento e pesquisa de criminosos e lugares.

Por outro lado, temos Tony Stark. Stark também é humano, mas possui uma personalidade totalmente diferente de Batman. para começar, ele não se importa em espalhar para todos os cantos que ele é o Homem de Ferro, ou seja, ele gosta de chamar atenção. Consequentemente, a cor de seu uniforme é um vermelho brilhante, nada discreto. Ele é um gênio da tecnologia, portanto, seu traje é uma armadura equipada com software e hardware que ele mesmo desenvolveu e sequer estão no mercado comercial. Ele se apoia nela porque a domina como ninguém. Duas pessoas, dois heróis, dois trajes completamente diferentes e, ainda assim, conseguem representar perfeitamente seus portadores.

Isso tudo pode até ser muito bonito, no entanto, existe uma outra parte bem feia: quando os ilustradores resolvem ingerir alguns cogumelos e vestir os heróis com roupas abomináveis e, várias vezes, desnecessárias. São situações que seriam como equipar o Flash com uma moto. Sem sentindo algum. Selecionamos alguns casos que podemos considerar bem ridículos, tanto por serem risíveis, feios e/ou inúteis.

5 - Homem de Ferro 2020

Em 1984, o ano de 2020 parecia bem distante, talvez isso explique o mal gosto dos criadores Tom DeFalco e Herb Trimpe. Na história, Arno Stark, o primo futurista de Tony Stark vive em um futuro paradisíaco, dominado por grandes corporações que travam uma luta de espionagem empresarial. Essa parte até não está tão diferente do que é vivido nos tempo atuais, mas a armadura horrorosa do Homem de Ferro 2020, sim.

As clássicas cores vermelho e amarelo da armadura a tornavam icônicas, no entanto, Arno Stark achou que ainda falta alguma coisa, por isso ele foi lá e colocou duas engrenagens gigantes nos ombros e totalmente desnecessárias. Ao menos dessa forma podemos reconhecer de longe o uniforme do Homem de Ferro 2020.

4 - Justiceiro e seu exoesqueleto

Quando Frank Castle cruzou com os Reavers em Justiceiro #34, ele acreditou que apenas seu arsenal demoníaco de armas de fogo não seriam suficiente para acabar com eles. Então ele decidiu aderir a uma armadura, Frank pegou um chip, juntou com uma inteligência artificial e implantou isso em uma exoesqueleto assassino. Ele se transformou em uma máquina de matar e, embora o conceito tenha ficado interessante, o design do traje ficou bizarro.

3 - Armadura Mulher Gato

Uma mistura de Alien com besouro seria uma boa forma de começar a descrever a armadura que Mulher Gato usou por um período em 1997. Quando Selina Kyle foi emboscada por um vilão conhecido como Cyber-Cat, ela percebeu que seu corpo padrão não era forte o suficiente para vencê-lo, sendo assim, ela recrutou o inventor Clutterbuck para construir uma super armadura que lhe daria uma chance no combate. Ela apenas esqueceu de dar uma olhada no catálogo de trabalhos anteriores do criador. Sem contar que o cidadão ainda era pervertido, e incluiu no traje botas stripper.

2 - Homem Aranha e mais armaduras

Bem, Homem Aranha tem um dos uniformes mais icônicos entre os heróis, ainda assim, conseguiram errar feio. Vermelho e azul? Coisa do passado. Em Web of Spider-Man #100 o melhor estilo que encontraram para o personagem foi preto, com uma prata espelhada e um conjunto da obra que lembra bastante um ninja. Na história, Peter Parker encontra com um grupo de bandidos que usavam armas de fogo, por isso, ele teve a brilhante (até demais) ideia de desenvolver um traje a prova de balas. Sim, o projeto foi bastante útil, mas nada elegante e nenhum um pouco sutil, sem dizer horroroso. Stan Lee e Steve Ditko devem se envergonhar dessa versão.

1 - Batman (Jean-Paul Valley)

Uma das coisas mais discutidas entre os fãs foi a vez que Bruce Wayne permitiu que Jean-Paul Valley assumisse seu lugar como Batman enquanto se recuperava. A razão pela qual o ato foi tão discutido foi pelo fato de o Batman ter tido seu primeiro contato com Valley quando ele estava sob efeito de uma lavagem cerebral, o que o transformou num assassino conhecido como Azrael. O herói o ajudou a vencer o "domínio do mal" e, depois disso, assumiu a tarefa de treinar Jean-Paul para ser um vigilante, dessa vez, sem controle mental.

Entretanto, quando Bruce o deixou sozinho como Batman, o personagem surtou e transformou o traje do herói em uma coleção grotesca de armas -até lança chamas ele conseguiu colocar no meio! A identidade visual do Cavaleiro das Trevas foi totalmente perdida e, sob o nome de Batman, Jean-Paul Valley fez do personagem um vigilante altamente mortal.

Concorda com a lista? Qual outro uniforme de super-herói que pode se encaixar aqui? Não deixe de compartilhar sua opinião com a gente.

Próxima Matéria
Via   CBR  
Gabi Noronha
Resumindo, é basicamente isso! Mais aventuras em Instagram: @gabinoronhaf
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+