icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


Os estonteantes storyboards de Star Wars

POR Estagiário EM Curiosidades 05/06/14 às 13h59

capa do post Os estonteantes storyboards de Star Wars

Quando pensamos em grandes obras cinematográficas, épicas, frequentemente uma pergunta vem à mente: tá bom, fenomenal, mas será que foi só uma pessoa que fez isso? E a resposta, como se pode imaginar, é claramente negativa. Por trás de todo trabalho grande e complexo, como a antiga trilogia de Star Wars - ou Guerra nas Estrelas. Pouca gente sabe, mas no caso dessa obra, grande parte do visual, coloração e até roupas da produção foram idealizadas não por George Lucas, mas sim pelo ilustrador estadunidense Ralph McQuarrie (1929 - 2012), no ano de 1975. É claro que isso não diminui o mérito do diretor, que foi incrivelmente ousado para sua época, mas o divide com esse exímio artista. Nas palavras do próprio George Lucas, "Ralph foi a primeira pessoa que contratei para me ajudar a visualizar Star Wars. A genial contribuição que ele prestou, na forma de pinturas que não podem ser comparadas a mais nada, serviu como combustível e inspiração para todos os atores e equipe do set de Star Wars".     "Essas obras são um testamento da importância de Ralph", afirmou George Lucas, "porque existe um conexão muito forte entre essas imagens icônicas e as cenas dos filmes. O modo como ele as ilustrou foi uma influência para os próprios personagens, a forma como eles agiam."

  Foi McQuarrie que criou vários dos personagens mais importantes do filme, incluindo Chewbacca, R2-D2 e C-3PO. Mas sua maior criação foi o vilão da saga, Darth Vader, inspirado numa armadura de samurai. A capa e o aparelho de respiração também foram sugestão do artista, que idealizou Vader pulando no espaço, de nave em nave, e para isso precisaria de um suprimento de oxigênio (a capa era pra ficar maneiro, mesmo). "Quando palavras não conseguiam expressar o que eu queria, eu pegava uma das pinturas de Ralph, mostrava à equipe e dizia: façam assim!", disse George Lucas Pois é, de tirar o fôlego, né? E o engraçado é a humildade de McQuarrie, que quando questionado acerca da grandiosidade de sua obra, respondeu com simplicidade: "eu fiz o meu melhor para capturar a essência de como o filme deveria parecer, eu realmente gostei da ideia. Mas não achei que seria feito. Minha impressão é que seria muito caro.  Não teria uma audiência, é muito complicado. Mas o George sabia de um bocado de coisas que eu não sei". É, que bom que ele sabia! E melhor ainda que teve a ajuda de Ralph McQuarrie,  indispensável para que grande parte desse impressionante delírio visual existisse.


Próxima Matéria
avatar Estagiário
Estagiário
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest