icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


Você é corajoso? Então conheça os jogos mais assustadores já criados!

POR Pietro Bottura    EM Curiosidades      24/09/14 às 01h41
capa do post Você é corajoso? Então conheça os jogos mais assustadores já criados!

O terror é um gênero clássico para os videogames, apesar de ser menos popular que as armas ou plataformas. Colocar o jogador em ambientes assustadores, especialmente em primeira pessoa, é uma chance genial de aproveitar os consoles para transportar o jogador para um universo alternativo, onde seus medos são reais e físicos.

Entretanto, contrariamente aos filmes, parece que quanto mais fraco e não-heroico é o personagem, maior o medo: a sensação de impotência é o que torna demônios, alienígenas e espíritos ainda mais assustadores, e, se você gosta dessa sensação, não pode deixar de conferir os games da lista abaixo:

7) Lone Survivor

Apesar de ser um jogo em 2d, esse clássico contava com uma história bastante envolvente, de um sobrevivente de uma praga que destroi grande parte da população, deixando-o preso num prédio abandonado. O problema é que o prédio não está tão abandonado assim, e criaturas bizarras e surreais são um grande problema, já que os recursos para batalhas são bastante limitados, de forma que você tem que recorrer à furtividade para permanecer vivo. Se você curte coisas bizarras ao estilo Twin Peaks, vai curtir esse jogo.

6) Resident Evil 4

Apesar do Nemesis, Code Veronica e outras versões de Nïntendo 64 e Playstation 1 terem marcado época para a maioria das pessoas de nossa geração, é o quarto episódio da franquia que traz ambientes desolados e monstros realmente desafiadores, misturando aliens, parasitas simbióticos, seitas religiosas e zumbis num mesmo caldeirão, o que desagradou muitos fãs. Entretanto, é só ter a cabeça serrada pelo assassino encapuzado que percebemos que esse jogo está longe de ter sido malfeito, sendo um dos mais envolventes da franquia.

5) Condemned: Criminal Origins

Essa história conta o caso de Ethan Thomas, agente do FBI que precisa pegar o "Serial Killer X", que mata outros serial killers. Aos poucos, a mente do protagonista vai se corrompendo, e a maior parte dos combates é feita não com armas, mas com pedaços de pau e outras armas improvisadas dos ambientes sombrios do game. Violência e sustos de pular da cadeira são garantidos.

4) Dead Space

Esse clássico lembra em muito filmes como Prometeus, e gira em torno da clássica missão de resgate em um planeta misterioso, que obviamente está habitado por criaturas grotescas que precisam ser desmembradas e mutiladas para morrer, ao contrário de zumbis, em que apenas um bom tiro resolve o problema. Além disso, é bastante balanceado entre sustos e ambiente de terror, o que cria uma imersão bastante ameaçadora para o jogador.

3) Outlast

Imagine ser um jornalista que está armado com apenas uma câmera com visão noturna, e precisa de um furo em um hospício. Se a ideia não parece boa, vai ficar ainda pior: é claro que criaturas e assassinos diversos vão infestar o jogo, e se você ligar a câmera para vê-los, é mais fácil que percebam que você está ali. Sem chance de lutar ou se defender, é comum que seja necessário ficar na total escuridão, apenas monitorando sons para saber se movimentar-se é seguro ou não - e é claro que um erro de julgamento pode ser fatal.

2) Amnesia: The Dark Descent

Esse jogo provavelmente foi a inspiração para Outlast, e é muito melhor que seu sucessor. Considerado um dos jogos mais assustadores de todos os tempos, ele começa com uma história bastante estranha: você acorda num castelo, com uma mensagem que diz que você mesmo apagou sua memória e precisa matar o barão desse castelo. Ah, você também está sendo perseguido por "alguma coisa", que você não sabe o que é. E se você ficar encarando as figuras demoníacas que habitam o escuro desse castelo, insanidade começa a ser desenvolvida, mudando as cores do jogo e produzindo barulhos fantasmagóricos bastante perturbadores.

1) Silent Hill 2

Desculpe, mas numa lista de terror, não tem como Silent Hill não ficar em primeiro. Apesar de alguns episódios bastante toscos, a franquia geralmente é excepcional na criação de seus enredos e na capacidade de deixar seu protagonista-jogador praticamente indefeso. Quem não se lembra de ter que andar dentro de hoteis e hospícios abandonados com apenas um pente de munição e uma lanterna?

No caso do episódio 2, o personagem encarna James Sunderland, que recebe uma carta de sua esposa, que vem da cidade Silent Hill. Tudo certo, se essa esposa não estivesse morta há 3 anos. Indo até lá para investigar a situação, encontrará um inferno pessoal que desafia tabus e cria alguns dos personagens mais perturbadores de toda a história, deformados e sexuais de uma forma até hoje bastante polêmica.

Além disso, foi nesse game que aconteceu a primeira aparição de Pyramid Head, o vilão com uma espada gigantesca que é praticamente imortal, ao melhor estilo Nemesis, de RE.


Próxima Matéria
avatar Pietro Bottura
Pietro Bottura
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest