• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Os mais duros treinamentos das tropas de elite

POR Pietro Bottura    EM Curiosidades      16/08/14 às 19h39

Se você assistiu a filmes como "Tropa de Elite", "Mercenários" e até "Rambo" - por que não? - e ficou empolgado, saiba que existem sete cursos de treinamento para tropas de elite, dois deles brasileiros. Reconhecidos internacionalmente, um é o do Bope, com a PM do RJ, e o outro é da Gate, a PM de SP. A Swat dos EUA, o GIGN e o Le Raid franceses, a Omon russa e o GSG9 alemão são os outros. De acordo com rodrigo Pimentel, ex-capitão do Bope e co-roteirista de "Tropa de Elite", os alunos são levados aos seus limites em todos esses cursos.

Algumas situações assustadoras - como colocar uma granada sem pino na mão de um aluno e mandá-lo segurar, para evitar que durma - são reais, assim como muitas das situações de treinos. A maior parte desses cursos conta com pelo menos uma morte em suas costas, mas, se pararmos pra pensar, quantas mortes são causadas por quem foi treinado por eles? Aqui mais um pouco sobre cada um deles:

BOPE (Batalhão de Operações Policiais Especiais)

bg-bope-4

Desde 1970 existe, no RJ, e dura três meses e meio. No primeiro mês, o aluno dorme três horas por noite, e toda comida custa alguma atividade. É muito mais difícil do que no filme, explica Pimentel. Há casos em que menos de 10% da turma foi aprovada. Também, entre as tarefas estão andar 120 km a cavalo sem sela e lutar com até oito oficiais ao mesmo tempo. Como dá pra imaginar, candidatos já morreram, tiveram fraturas e outros tipos de lembranças do curso.

GATE (Grupo de Ações Táticas Especiais)

????????????????????????????

A versão paulistana do BOPE foi criada em 1989, e é especializada em resgate de reféns e rebeliões em presídios, ao contrário do BOPE, que é especializado em guerrilha em favelas. O curso tem apenas um mês e meio e inclui invasão tática, aulas de tiro com precisão e técnicas de negociação. É menos humilhante e mais técnico do que o do BOPE.

SWAT (Special Weapons and Tactics)

SWAT

Nasceu nos anos 60, nos EUA. Especializados em entrar em edifícios e efetivar prisões. Seu curso dura um mês e é semelhante ao das forças militares. O mais arriscado são os treinamentos de tiro, que envolvem situações de risco e combate quase real entre candidatos.

GIGN (Grupo de Intervenção da Guarda Nacional)

gign

Depois das Olimpíadas de Munique, marcadas por um atentado, em 1974, a França desenvolveu o curso com ênfase em técnicas antiterroristas, como sequestros de aviões e atentados. O curso dura de 6 a 8 semanas e inclui artes marciais, como o krav maga, o uso de explosivos e armas de fogo. Mais de sete agentes já morreram em seu curso, que é o considerado o melhor do mundo para atiradores.

GSG9

European Anti-Terror Special Forces Joint Presentation

O grupo alemão também foi criado após as Olimpíadas de Munique, e seu curso dura 5 meses e meio. Atua contra o terrorismo, situações com reféns e fugitivos. O curso ensina a usar as armas que terroristas usam, operar de aviões a esquis e sacar e disparar armas de fogo em apenas um segundo! É um dos mais sigilosos, e portanto pouco conhecido, e em 2005 ganhou todas as competições do Swat World Challenge.

Le Raid 

5627597-montreuil-un-preneur-d-otage-maitrise-par-le-raid

O órgão francês existe para combater o terrorismo, e teve início em 1985. Seu curso dura 9 meses, e não é preciso ser policial para participar. São ministradas aulas de luta, com ênfase no boxe, tiro, paraquedismo e uso de cães. Os candidatos são testados em situações psicológicas extremas, desenvolvendo técnicas para interrogar e negociar com suspeitos, assim como serem interrogados e torturados.

Omon (Grupo de Operações Especiais da Polícia)

161740871

Em 1979, a Rússia lançou sua própria SWAT, o Omon. Foi criada para a proteção nas Olimpíadas de 1980, em Moscou, e é especialista em sequetros. Seu curso tem 4 meses e institui o obedecimento cego à ordens, o combate físico e a guerrilha urbana (assim como manifestações). Da mesma forma que no BOPE, seu teste final é lutar contra vários oficiais ao mesmo tempo, até 5, nesse caso.

Próxima Matéria
Pietro Bottura
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+