icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


Os mais ricos do mundo já se preparam para o apocalipse com bunkers bilionários

POR Bruno Dias    EM Curiosidades      14/04/20 às 17h31
capa do post Os mais ricos do mundo já se preparam para o apocalipse com bunkers bilionários

Um bunker é um tipo de buraco blindado, desenvolvido para proteger seus ocupantes de grandes desastres. Sejam eles de força natural ou provocados por humanos. Um bunker deve ter no mínimo 2 metros de profundidade e todo um esquema de sobrevivência.

Todos os aspectos para a sobrevivência devem ser pensados. E muito antes da pandemia do coronavírus, os bilionários do mundo já estavam buscando alternativas para se isolarem. Várias empresas, do mundo todo, tiveram uma crescente demanda para projetar estruturas que protegessem seus ocupantes de qualquer risco. Independente se fosse uma pandemia, um asteroide ou a Terceira Guerra Mundial. E além da proteção, que também dessem conforto a essas pessoas.

"O bunker do seu pai ou avô não era muito confortável", explica Robert Vicino, empresário imobiliário e CEO da Vivos. Empresa, que ele fundou, e constrói e gerencia abrigos de luxo em todo o mundo.

Os bunkers de antigamente eram cinzas, metálicos e parecidos com um navio ou alguma coisa militar. E a verdade é que os bilionários não querem ficar em lugares assim por muito tempo.

Por isso, várias pessoas da elite mundial como gestores de fundos e investimentos, astros do esporte e grandes executivos optam por projetar seus próprios bunkers para abrigar suas famílias e funcionários.

Comunidade

De acordo com a gerente geral da Rising S Company, Gary Lynch, quando comparadas às vendas de 2016 com relação as de 2015, as vendas dos bunkers subterrâneos personalisados cresceram 700%, no Texas. E as vendas globais cresceram 300%, desde a eleição presidencial dos EUA.

Os bunkers da empresa que são feitos com chapa de aço pode durar gerações. E conseguem armazenar, no mínimo, um ano de alimentos por cada residente. Além de suportar terremotos.

Mas existem as pessoas que, em caso de um apocalipse acontecer, querem ficar em um lugar mais comunitário. E ter uma experiência perto do mundo real. Os desenvolvedores dos abrigos comunitários, normalmente, pegam bunkers militares desativados e silos de mísseis que foram construído pelos governos dos EUA ou da União Soviética.

Essas estruturas foram projetadas para resistir a um ataque nuclear e são equipadas com energia, sistema de purificação de água, válvulas de explosão e filtragem de ar. A maioria deles tem suprimento para um ou mais anos. E vários deles tem jardins hidropônicos para terem complemento de suas refeições.

Além disso tudo, os desenvolvedores querem criar comunidades completas com todas as habilidades necessárias para sobreviver a longo prazo. Com várias pessoas das mais variadas profissões como médicos e professores, por exemplo.

Arca

O Vivos xPoiont é um desses abrigos de luxo, que fica perto das Colinas Negras da Dakota do Sul. Ele é feito de 575 bunkers militares que foram usados como depósito de munições pelo exército até 1967.

Ele está sendo modificado para acomodar aproximadamente cinco mil pessoas. O custo de cada bunker varia de 25 mil dólares até 200 mil dólares. Tudo depende do espaço escolhido pelo pessoa. Se será algo mais minimalista ou uma casa com vários ambientes sofisticados.

O complexo se parece com uma cidade pequena. E tem também um teatro comunitário, salas de aula, jardins hidropônicos, clinica médica, spa e academia.

Casas nucleares reforçadas

O condomínio feito por Larry Hall, no Kansas, usa dois silos de mísseis Atlas abandonados. Esses silos foram construídos pelo corpo de engenheiros do exército dos EUA para servir de abrigo para ogivas no começo dos anos 1960.

"Nossos produtos são vendidos com a vantagem única de ter uma segunda casa de luxo que também é um bunker com proteção nuclear", explica Hall.

O condomínio tem vários layouts diferentes para as casa. E os preços podem chegar até 4,5 milhões de dólares.

Luxo

O Oppidum, na República Tcheca é para aquelas pessoas que querem passar o fim do mundo com pessoas próximas ou familiares escolhidos a dedo. Ele é anunciado como "o maior bunker bilionário do mundo".

A instalação já foi um projeto em conjunto entre a União Soviética e a Tchecoslováquia que começou a ser construído em 1984 e levou 10 anos para ficar pronto. Os luxos que a nova acomodação dará a seus habitantes podem ser considerados desnecessários. Mas os desenvolvedores dizem que eles são cruciais para a sobrevivência.


Próxima Matéria
Via   MSN  
Imagens MSN
avatar Bruno Dias
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest