• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Os novos heróis do MCU seriam capazes de vencer os Vingadores?

POR Letícia Dias    EM Fatos Nerd      27/08/19 às 17h00

É impossível falar de Marvel sem pensar imediatamente nos Vingadores. Sim, os autointitulados super-heróis mais poderosos da Terra são fonte de referência para a audiência. Todavia, nem sempre foi assim. Quando a Casa das Ideias se viu obrigada a vender os direitos de seus personagens mais famosos, como Homem-Aranha, Quarteto Fantástico e X-Men, o estúdio teve que se virar com o que tinha. Hoje pode não parecer, mas na época a empresa se arriscou muito com Homem de Ferro. Isso porque o herói não era tão familiar ao grande público. Contudo, o filme de Jon Favreau foi um sucesso, Robert Downey Jr. deu aos espectadores uma interpretação inimaginável e o MCU estava pronto para ser estabelecido.

Onze anos após esse marco tivemos Vingadores: Ultimato, que tem sido considerado por muitos a melhor produção de super-heróis. Levando em consideração o peso desse título, sendo ele oficial ou não, era incerto se a companhia conseguiria superar, ou pelo menos manter, as expectativas da audiência com o próximo longa. Surpreendentemente, o estúdio se mostrou resiliente mais uma vez ao apresentar Homem-Aranha: Longe de Casa. O filme de Peter Parker foi escolhido a dedo para encerrar a Fase 3 do MCU e foi aclamado. Tudo caminhava bem até que a Disney e a Sony entraram em desacordo quanto aos direitos do herói. Ao contrário dos outros nomes citados no início, o amigo da vizinhança se mantém fora do alcance da Casa do Mickey Mouse (para a satisfação da filha de Stan Lee).

Após esse recente evento nos perguntamos o que seria do MCU sem o Homem-Aranha. Enquanto Kevin Feige pondera sobre as possibilidades de contornar essa situação, decidimos nos atentar aos personagens da Fase 4. Entre todos os nomes apresentados na San Diego Comic-Con, Os Eternos tem chamado atenção e se destacaram novamente na D23. Por isso, resolvemos focar neles.

Disputa de poderes no MCU

No último fim de semana, aconteceu a D23. Na convenção da Disney fomos apresentados a diversas revelações sobre os planos da empresa para o futuro, sejam eles relacionados aos seus parques ou aos seus estúdios subsidiários. Em meio a vastidão de teasers, cenas exclusivas e atores apresentados no painel da Marvel, um dos maiores destaques foi ver imagens do elenco de Os Eternos caracterizados. Os mais novos heróis do MCU tem chamado atenção do público desde a SDCC. Contudo, vimos em Ultimato que o catálogo de personagens já existentes em seu universo cinematográfico é super extenso. Sendo assim, por que trazer novos nomes para a franquia? O que Os Eternos tem de especial?

De acordo com uma entrevista que o elenco concedeu à Variety, os novos heróis são capazes de vencer os próprios Vingadores. "Somos eternos. É exatamente isso. Nós criamos a humanidade e estamos aqui para salvá-la. Além disso, nós somos deuses", afirmou Brian Tyree Henry, interprete de Phastos no filme. Kumail Nanjiani, ator que dá vida a Kingo, acrescentou que sem eles "não haveria Vingadores. Não haveria Guardiões da Galáxia. Não haveria galáxia. Sendo assim, o personagem de Chris Pratt nos deve uma". Barry Keoghan, interprete de Druig, ainda reafirmou que seus personagens são deuses e que mesmo que os outros heróis tentassem derrubá-los, não conseguiriam. Assim, pra concluir, tanto Nanjiani quanto Keoghan garantiram que os Eternos conseguiriam destruir os Vingadores.

Próxima Matéria
Via   Cosmic Book  
Imagens Marvel
Letícia Dias
Trabalhando pra falar de super-heróis, filmes e séries em tempo integral | @letdiax
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+