icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


Os piores cenários das mudanças climáticas estão se tornando realidade

POR Bruno Dias    EM Curiosidades      03/09/20 às 15h34
capa do post Os piores cenários das mudanças climáticas estão se tornando realidade

Nosso planeta já tem seu longo período de existência e já passou por várias mudanças.Umas delas, que os pesquisadores consideram uma das mais drásticas, é a mudança climática. Isso vem afetando o mundo de várias maneiras diferentes e talvez caminhe para um ponto onde se torne cada vez mais difícil a nossa existência.

Essa mudança climática é causada pelo homem e suas ações com o meio ambiente, mas nem todos acreditam nessa teoria. Algumas pessoas acham que essa explicação dada pela comunidade científica e pelas grandes empresas de energia são furadas e que alguma coisa escondida está acontecendo. Mas o fato é que essa mudança realmente acontece, e a longo prazo, podem representar graves consequências para a humanidade.

Vários são os modelos feitos em computadores para tentar prever o futuro das mudanças climáticas. E, infelizmente, esses modelos tiveram uma previsão negativa bastante radical.

As camadas congeladas tanto da Antártica e da Groenlândia, que podem elevar o oceano mais de 65 metros se elas derreterem por completo, estão tendo seus piores cenários possíveis previstos pela ONU da elevação do nível do mar.

Previsões

Um novo artigo científico foi publicado nessa semana, na revista "Nature Climate Change" e disse que o derretimento de gelo acompanhou as piores previsões feitas de derretimento mais extremo das duas camadas de gelo. Isso aconteceu entre 2007 e 2017. E até 2100, o aumento será de 40 centímetros.

Essa perda de gelo vista reflete aproximadamente três vezes as previsões médias do maior relatório recente. Que é o do Painel Intergovernamental para Mudanças Climáticas (IPCC, sigla em inglês) de 2014. Mas existe uma grande diferença entre as previsões do IPCC e a realidade que é observada.

"Precisamos descobrir um novo 'pior cenário' para os mantos de gelo, porque eles já estão derretendo a uma taxa que condiz com o nosso atual. As projeções do nível do mar são essenciais para ajudar os governos a planejarem políticas climáticas, estratégias de mitigação e adaptação", disse o autor principal do estudo, Thomas Slater.

Nível do mar

Com esse aumento do nível do mar as tempestades nas regiões costeiras aumentarão seu poder de destruição. E mais de 70 bilhões de dólares seriam necessários para proteger essas áreas costeiras.

Os modelos climáticos são complicados e podem existir várias razões pelas quais as previsões da ONU estavam erradas. De acordo com Salter, é  preciso entender melhor os fatores para ajustar os modelos.  E assim fazer as previsões mais  precisas com relação ao aumento do mar.

Até algumas décadas atrás,  os mantos de gelo da Antártica e da Groenlândia perdiam a mesma quantidade de gelo que ganhavam em form de neve. Mas com o aumento gradual da temperatura do planeta quebrou esse equilíbrio.

Ano passado, a Groenlândia derreteu 532 bilhões de toneladas de gelo por conta de uma verão extremamente quente. Isso fez com que o nível do oceano aumentasse 40%.

Segundo Salter, o próximo relatório grande do IPCC está sendo feito através de modelos que mostrarão melhor o comportamento da atmosfera, mantos e gelos. Isso fará com que a precisão seja melhor. Ele deve ser publicado em 2021.


Próxima Matéria
Via   Nature  
avatar Bruno Dias
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest