Pegadas do menor dinossauro do mundo foram encontradas e têm menos de 1 cm

POR Jesus Galvão    EM Curiosidades      26/11/18 às 13h13
foto de destaque

Temos uma imagem pre-concebida de que os dinossauros eram seres gigantes que habitavam a Terra. No entanto, uma descoberta recente mostra que nem todos eles se encaixavam em tal esteriótipo. Um nova espécie de raptor descoberta na Coreia do Sul, cujas pegadas possuíam cerca de um centímetro, confirmou tal fato.

O tamanho do bicho parece ser o mesmo de um pardal que poderia facilmente caber na palma de nossas mãos. Isso, segundo informações publicadas em um estudo realizado pela Universidade de Queesland, na Austrália e que foi publicado na revista científica Scientific Reports.

As misteriosas pegadas

"Estas novas pegadas possuem apenas um centímetro de comprimento, o que significa que o dinossauro que as fez era um animal que poderia ser facilmente segurado na sua mão", contou Anthony Romilio, pesquisador e coautor do estudo. A espécie recém descoberta tem a menor pegada de dinossauro já descoberta no mundo.

O rastro deixado por tal dinossauro data de cerca de 100 milhões de anos, numa época em que eles já conviviam com as primeiras aves e mamíferos da Terra. A descoberta aconteceu ao sul do país, na cidade de Jinju, mais precisamente em um lago seco. No local, os pesquisadores também encontraram diversos fósseis de criaturas do período Cretáceo. Entre elas, aves, pterossauros, crocodilos e mamíferos.

A espécie foi identificada e é um terópode, seres carnívoros muito semelhantes às aves. Devido ao formato das pegadas encontradas, os cientistas acreditam se tratar de um raptor, que possuía três garras, sendo que duas delas apenas tocavam o chão e outra era retraída, como acontece com as patas de um gato.

Adultos x Filhotes

O que os paleontólogos ainda não sabem definir é se tais pegadas pertenciam a um adulto ou se eram de um filhote. "Nós conhecemos algumas espécies de raptors pequenos através de ossos fossilizados encontrados na China. Ossos fossilizados de raptors adultos diminutos, chamados de Microraptors, que tinham o tamanho aproximado de um corvo, com pés de 2,5 centímetros de comprimento", afirmou Romilio.

"Infelizmente, mesmo que o Microraptor fosse muito pequeno para os padrões dos dinossauros, ainda assim, ele era muito maior para as pegadas de um centímetro encontradas na Coreia do Sul. Então, talvez isso favoreça ideia de que as pegadas foram feitas por filhotes de raptor", concluiu o pesquisador.

Devido a falta de pegadas para que os pesquisadores pudessem comparar, os pesquisadores não descartaram a possibilidade de se tratar de uma nova espécie pertencente a família Dromaeosauridae, que era formada por terápodes que tinham seu corpo coberto por penas, podendo ser de pequeno ou médio porte. No entanto, tal nova espécie também poderia ser classificada como Ichnogenera, que é um grupo de dinossauros que apenas são conhecidos pelos vestígios fossilizados encontrados.

As pegadas encontradas pelos cientistas foram apelidadas de Dromaeosauriformipes rarus, que nas palavras de Kyung Soo Kim, da Universidade Nacional de Chinju, na Coreia do Sul, e coautor do estudo e descobridor das pegadas, significam "pegadas raras feitas por uma membro da família raptor conhecida por Dromaeosaurus".

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.


Ei Fatos, não deixe de conferir:

2 SINAIS QUE FALTAM PARA JESUS VOLTAR - E SE FOR VERDADE

Próxima Matéria
Via   IFL Science  
avatar Jesus Galvão
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.

Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+