icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


Pesquisa mostra que micro doses de LSD são eficazes no tratamento da dor

POR Bruno Dias    EM Curiosidades      31/08/20 às 17h35
capa do post Pesquisa mostra que micro doses de LSD são eficazes no tratamento da dor

LSD é uma droga alucinógena, que muda temporariamente a percepção da realidade. Acredita-se que a substância foi usada por muitos artistas, durante a criação de suas obras artísticas, literárias e musicais. Além de ter sido um dos pilares da cultura hippie dos anos 1960.

A droga é um composto cristalino, que surge naturalmente do resultado das reações metabólicas do fungo Claviceps purpurea. Foi sintetizado pela primeira vez em 1938. E, em 1943, o químico suíço Albert Hofmann, acidentalmente descobriu os seus efeitos. Ele utilizou a droga até sua morte aos 102 anos.

Assim como qualquer substância se usada em doses muito grandes elas causam alguns efeitos nas pessoas. Mas se usadas em quantidades menores podem ser que ajudem pacientes no tratamento de doenças ou até mesmo no alívio da dor.

Uma nova pesquisa mostra que, pequenas doses dessa droga podem ser usadas como analgésico bastante eficaz. Sendo talvez tão poderoso quanto os  opioides convencionais, como por exemplo, a morfina.

Estudo

"Este estudo em voluntários saudáveis ??mostra que uma dose baixa de LSD produz um efeito analgésico na ausência de um efeito psicodélico, conforme avaliado com testes de pressão fria", disse o pesquisador principal Jan Ramaekers, professor de psicoparmacologia e toxicologia comportamental da Universidade de Maastricht.

"A magnitude do efeito analgésico parece comparável aos efeitos analgésicos dos opioides no mesmo modelo de dor",continuou.

Conforme é descrito na pesquisa, Ramaekers e sua equipe deram placebos ou micro doses de LSD, entre cinco e 20 microgramas, para os 24 voluntários do estudo. Depois disso eles fizeram o que foi chamado de "teste pressor frio", onde os voluntários foram pedidos para colocar a mão dentro de uma banheira com água que tinha sido resfriada até quase congelar.

O resultado para esse experimento foi impressionante. As doses baixas de LSD não pareceram ter muito efeito na percepção da dor dos voluntários. Mas a dose de 20 microgramas demonstrou diminuir a percepção da dor em 20%.

A diretora da Fundação Beckley, Amanda Feilding, expressou o seu entusiasmo com os resultados da pesquisa. "Os dados atuais sugerem que baixas doses de LSD podem constituir uma opção de tratamento de controle da dor útil. Que não é apenas eficaz em pacientes, mas também é desprovida das consequências problemáticas associadas aos medicamentos básicos atuais, como os opioides", disse.

"Mais de 16 milhões de pessoas em todo o mundo sofrem atualmente de Transtorno do Uso de Opioides e muitas mais ficarão viciadas como resultado do excesso de medicamentos para dor", continuou.

Efeitos

A pesquisa com LSD ainda está na sua fase inicial. E para ver se os  resultados podem ser replicados em outras pessoas Ramaekers pediu mais testes. Mesmo assim o estudo é interessante. E ele se baseia nas descobertas feitas na década de 1960 pelo pesquisador Eric Kast. Ele fez uma série de experimentos promissores, projetados para sondar se o LSD podia ser um analgésico eficaz.

Mas seu trabalho foi interrompido quando o governo reprimiu sua pesquisa. Mas agora, com as restrições começando a serem afrouxadas pelas autoridades, cientistas como Ramaekers querem continuar essa pesquisa.

"Essas descobertas encorajam fortemente os ensaios clínicos em pacientes com dor para avaliar a replicabilidade e generalização dessas descobertas", concluiu Ramaekers.


Próxima Matéria
Via   Futurism  
avatar Bruno Dias
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest