• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Por que as mulheres do Antigo Egito inseriam fezes de crocodilo em suas partes íntimas?

POR Cristyele Oliveira    EM Curiosidades      29/11/19 às 14h52

É isso mesmo que você leu. Há milhares de anos atrás, mais precisamente no Antigo Egito, as mulheres tinham o costume de inserir fezes de crocodilo em suas vaginas. Além do quão bizarro isso é, você deve estar se perguntando, o que leva uma pessoa a fazer tal coisa. Mas, por incrível que pareça, isso tinha um propósito bem específico, e pelo visto, que funcionava bem, de uma forma ou de outra. Não se tratava de um ritual, oferenda ou coisa do tipo. Na verdade, o estrume de crocodilo era usado como método contraceptivo. Até porque, naquela época, não tinha, camisinha, anticoncepcional, e muito menos a pílula do dia seguinte.

Então, eles tinham o seu próprio método para evitar uma gravidez. E mesmo que fosse bastante peculiar, parecia funcionar, já que foi usado por várias gerações. A dúvida que fica é se o que evitava a gravidez, nesse caso, era a composição do estrume, ou o fato de que isso poderia espantar possíveis parceiros. Independente de qual seja, parece que deu certo por algum tempo. Mas felizmente, a humanidade evolui, os tempos são outros. Hoje em dia, os métodos contraceptivos são menos bizarros e nojentos.

Estrume de crocodilo

A história, às vezes, pode nos surpreender, de uma forma ou de outra. E isso, os egípcios souberam fazer como ninguém. Em meio a tantas contribuições significativas para a humanidade, eles também tiveram algumas ideias bastante bizarras. O uso de fezes de crocodilo como método contraceptivo, com certeza, foi uma delas. O que poderia ser pior do que isso? Consigo imaginar poucas coisas.

E como sugerem alguns papiros, que datam de 1850 a.C, é bem possível que o bola de coco de crocodilo fosse um meio bastante eficaz de prevenir a gravidez. E é bastante provável que não fosse inteiramente aplicada, porque as fezes inibiam as relações sexuais entre os antigos egípcios. Isso porque as fezes de crocodilo possuíam qualidades alcalinas, que poderiam facilmente torná-las um espermicida natural e muito eficaz. Sem contar ainda com o fato de que inserir uma bola sólida de cocô na vagina, poderia funcionar como uma barreira física. Algo com a mesma finalidade da camisinha feminina, porém, milhares de vezes inferior. Porém, é bem provável que essas mulheres não se importavam com isso, até porque, essa concepção do que seria bizarro, era algo irrelevante e que pode ser apenas dos homens modernos. Talvez, deve ser mesmo.

Outros métodos contraceptivos peculiares

Pelo visto, os egípcios tinham um interesse especial em evitar a gravidez, já que eles também estiveram envolvidos na criação de um dos primeiros preservativos, que sem tem informação. Depois de saber das fezes de crocodilo, pode ser que isso nem te choque mais. Mas o fato é que os primeiros preservativos, de origem egípcia, eram feitos de intestinos de animais.

Já mais recentemente, no século XIX, os japoneses inventaram o "kabutogata", uma espécie de preservativo parecido com bainhas duras feitas com conchas de tartaruga ou couro. Como se pode imaginar, isso provavelmente causou algum atrito, um tanto quanto desagradável.

Enfim, depois disso tudo, talvez, seja interessante repensar tudo o que sabemos sobre formas de evitar uma gravidez. E você, já tinha ouvido falar sobre esse método contraceptivo dos antigos egípcios? Conta para a gente nos comentários e compartilhe com os seus amigos.

Próxima Matéria
Imagens Bol History
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+