icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


Por que dormir é tão importante para perder peso?

POR Bruno Dias    EM Curiosidades      09/09/20 às 15h53
capa do post Por que dormir é tão importante para perder peso?

Convenhamos que perder peso não é tão fácil. O processo de emagrecimento é longo e requer muita paciência e persistência. Seguir dieta e praticar exercícios físicos é muito importante para eliminar as gordurinhas indesejáveis. Entretanto, o sono é um fator que, geralmente, é negligenciado e tem um papel importante.

Para os adultos, a duração do sono recomendada é de sete horas por noite. Mas várias pessoas costumam dormir menos que isso. De acordo com o que foi mostrado pela pesquisa,  dormir menos do que o recomendado está relacionado com ter mais gordura corporal, um risco maior de obesidade. Além de influenciar a facilidade com que as pessoas perdem o peso com uma dieta controlada.

O objetivo da perda de peso, normalmente, é diminuir a gordura corporal e reter o máximo de massa muscular possível. Não ter a quantidade correta de sono pode determinar quanta gordura é perdida e também quanta massa muscular é retida durante uma dieta.

Um estudo descobriu que dormir 5,5 horas por noite durante duas semanas, enquanto se faz uma dieta ao mesmo tempo, resultou em menos perda de gordura quando comparado com dormir 8,5 horas todas as noites. Mas ele resultou em uma perda de massa livre de gordura.

Outro estudo teve resultados parecidos durante o período de oito semanas quando o sono foi reduzido em apenas uma hora por noite durante cinco noites por semana. Os resultados mostraram que o mesmo sono de recuperação no fim de semana pode não ser suficiente para revertes os efeitos negativos da privação de sono durante uma dieta com controle calórico.

Fatores

São várias as razões pelas quais o sono mais curto pode estar associado com um peso corporal maior e afetar a perda de peso. Essas mudanças são também no metabolismo, apetite e seleção de alimentos.

O sono tem uma influência em dois hormônios importantes do apetite no corpo, a leptina e grelina. A leptina é um hormônio que diminui o apetite. Por isso quando os níveis de leptina estão altos as pessoas se sentem cheias.

A grelina é um hormônio que pode estimular o apetite e costuma ser chamada de "hormônio da fome". Isso porque é acreditado que ela seja responsável pela sensação de fome. E um estudo descobriu que a restrição do sono aumenta os níveis de grelina e diminui a leptina.

Um outro estudo feito com 1024 adultos também descobriu que o sono curto estava associado com níveis mais elevados de grelina e mais baixos de leptina. Essa combinação pode aumentar o apetite de uma pessoa. E isso faz com que a restrição calórica fique mais difícil de seguir. Isso pode fazer com que a pessoa fique mais propensa a comer mais.

E consequentemente esse aumento de ingestão de alimentos por conta da alteração de hormônios do apetite pode resultar em um ganho de peso. Isso quer dizer  que, a longo prazo, a privação do sono pode levar o ganho de peso por conta dessas alterações no apetite. Por isso que ter uma boa noite de sono deve ser uma coisa a ser priorizada.


Próxima Matéria
Via   Science alert  
Imagens Tokiomarine
avatar Bruno Dias
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest