icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


Por que Meghan Markle e Príncipe Harry resolveram renunciar?

POR Cristyele Oliveira    EM Curiosidades      17/01/20 às 19h24
capa do post Por que Meghan Markle e Príncipe Harry resolveram renunciar?

Se tem uma notícia que bombou no mundo inteiro nos últimos dias é a do anúncio da saída do Príncipe Harry e sua esposa Meghan Markle da realeza britânica. O anúncio chocou a todos que jamais esperavam uma atitude como essa do duque e duquesa de Sussex. Harry e Megan afirmaram que serão financeiramente independentes e não mais "membros seniores" da família real. No anúncio, o casal ainda informou que se dividirão entre o Reino Unido e a América do Norte, a partir de 2020.

Esse comunicado veio logo depois de especulações da imprensa britânica de que o casal abdicaria de seus títulos reais e se mudaria definitivamente para o Canadá. Segundo o casal, essa decisão foi tomada após meses de muita reflexão. A notícia gerou uma série de especulações. Entre elas a de que a saída do casal teria causado uma crise na família. Mas a rainha Elizabeth II liberou um comunicado mostrando total apoio ao neto e seu esposa.

Saída da realeza

"Pretendemos dar um passo atrás, como "membros seniores" da família real e trabalhar para nos tornar financeiramente independentes. Enquanto isso continuamos a apoiar totalmente Sua Majestade a Rainha", afirmou o casal no comunicado. Mas então, o que significa isso na prática? Com essa decisão, o duque e duquesa de Sussex abrem mão do protocolo real. Ou seja, eles não vão mais participar com a rainha Elizabeth II de eventos oficiais da realeza.

Com 35 anos, o príncipe Harry é o sexto na linha de sucessão ao trono britânico. Ele fica atrás do seu pai, o príncipe Charles, seu irmão William, e os sobrinhos, George, Charlotte e Louis. Casado desde maio de 2018 com a atriz Meghan Markle, o casal têm um filho, Archie Harrison. O herdeiro nasceu um ano depois do casamento. No entanto, o filho do casal não usa nenhum título real, desejo expresso dos pais.

Além da independência financeira, a saída do casal também envolve uma mudança de país. Enfim, já que eles pretendem se dividir entre o Canadá e o Reino Unido. "Esse equilíbrio geográfico nos permitirá apreciar nosso filho com a tradição real em que ele nasceu. Além de proporcionar à nossa família o espaço para se concentrar no próximo capítulo, incluindo o lançamento de nossa nova entidade beneficente", dizia o comunicado.

Em entrevistas que foram ao ar em outubro do ano passado, Harry e Meghan já haviam se pronunciado a respeito da dificuldade de viver sob o intenso foco da imprensa. Essa que fazia questão de atacar Meghan, constantemente, incluindo até notícias falsas e vexatórias. Muito disso motivado pelo fato de Meghan ser a primeira mulher afrodescendente a fazer parte da família real britânica.

Posicionamento da rainha

Com o anúncio da saída do casal, houve vários rumores de que isso teria causado uma verdadeira crise na família real. E dias depois, a rainha Elizabeth II quebrou o silêncio sobre o assunto e decidiu se posicionar a respeito.

Sobre a decisão do casal de deixar a posição de membros seniores da realeza, para se tornarem independente à rainha disse: "Minha família e eu apoiamos inteiramente o desejo de Harry e Meghan de criar uma nova vida como uma jovem família", disse a monarca comunicado oficial.

Antes disso, a Rainha reuniu-se com Harry, o príncipe Charles, o príncipe William e Meghan, que é duquesa de Sussex, para discutir o futuro do casal.


Próxima Matéria
avatar Cristyele Oliveira
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest