icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


Por que na Coreia do Norte, os sobrenomes vêm antes do nome?

POR Erik Ely    EM Curiosidades      06/03/20 às 14h53
capa do post Por que na Coreia do Norte, os sobrenomes vêm antes do nome?

Vivemos em uma sociedade ocidental. E dentro da cultura ocidental, estamos acostumados a encontrar pessoas com nomes grandes, compostos e muitas vezes sem grandes significados. No entanto, um costume oriental pode causar bastante confusão. Afinal, por que na Coreia do Norte os sobrenomes vem antes do nome?

Os sobrenomes são, normalmente, herdados de ambos os pais de uma criança. Com isso, acabam seguindo uma ordem imposta culturalmente como nome, sobrenome da mãe e sobrenome do pai. Entretanto, na Coreia e em alguns países asiáticos, essa regra é completamente diferente e nós vamos explicar o porquê.

Nomes que parecem estarem trocados

Na cultura coreana, por exemplo, é costume que primeiro venha o sobrenome, para que todos saibam de que família você pertence. Depois disso, o nome, mas nunca ultrapassando três ou quatro sílabas. Tudo porque seu sobrenome deve prevalecer ao nome.

Alguns dos nomes mais populares são Kim, Park, Lee e Choi, que são ligados a períodos históricos e associados a diferentes lugares do país. Dessa forma, cada um faz relação a um clã diferente, ou shijok, que são grupos unidos por terem algum grau de parentesco ou ancestral em comum.

Quando falamos de casamentos, as mulheres continuam com o nome de sua família. No entanto, não o passam para seus filhos, que herdam somente o nome do pai. Além disso, também durante o matrimônio, elas passam a pertencer ao clã de seus maridos, e não mais ao seu de origem.

Assim, quando um novo homem nasce na família ele se torna o responsável pela nova geração do clã. Desse jeito, o pai do novo menino deve escolher um novo nome que também será herdado pelos próximos membros daquela geração, sempre carregando algum significado.

Escolher nomes não é uma tarefa fácil

Na Coreia do Norte, um nome pode significar muita coisa. Muitos pais sul-coreanos gastam muito tempo e dinheiro, para criar o nome perfeito para seu filho. De fato, não se trata apenas de escolher um nome que torne seu filho popular. Eles acreditam que os nomes podem determinar seu destino. Por isso, na Coreia do Sul, por exemplo, os nomes têm um significado mais profundo através de hanja (caracteres chineses). Dessa forma, os sobrenomes também vêm antes do nome. No entanto, os nomes não podem ser escritos assim na Coreia do Norte.

Uma vez que o futuro da criança está em jogo, é importante criar um bom nome. Por isso, nem sempre o nome popular vai ser a melhor alternativa. E da mesma forma, que é difícil para os ocidentais pronunciar nomes coreanos, é difícil para coreanos pronunciar nomes ocidentais. Por isso, quando estrangeiros passam grandes períodos nesses países, eles acabam fazendo um novo nome que seja mais fácil para a pronúncia local.

Com todas essas regras, até o último censo, cerca de metade dos coreanos se chamava Kim, Lee ou Park. Enquanto o restante dos principais nomes de famílias são compostos por Choi, Jeong, Kang, Jo, Yoon, Jang e Lim. Para os meninos, os nomes tendem a ser sobre força, vitória, prosperidade e sabedoria. Enquanto isso, para as meninas, os nomes sugerem "beleza", "flores", "lealdade" e "bondade".


Próxima Matéria
avatar Erik Ely
Erik Ely
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest