icone menu logo logo-fatos-desconhecidos.png


Por que os focinhos dos cachorros são gelados?

POR Bruno Dias    EM Mundo Animal      18/09/20 às 14h33
capa do post Por que os focinhos dos cachorros são gelados?

cachorro é o melhor amigo do homem. Eles podem fazer companhia para seus donos, os ajudar a andar, caso sejam cegos, servir como método de terapia para alguma doença. Do mesmo modo, também alegrar o ambiente em que estão.

Essa amizade já dura séculos, e por isso, o animal é considerado o melhor amigo do homem. Além de fazerem companhia para seus donos, os cachorros são capazes de salvar vidas. As pessoas mesmo percebem que seus cachorros são preocupados com o bem-estar dos donos e que tentariam salvá-los se fosse preciso.

E do mesmo jeito que nosso bichinho quer o nosso bem-estar, nós queremos o dele. Quem é dono de um cãozinho sabe toda a alegria que ele traz para o ambiente em que está.

Uma coisa que, com certeza, todo mundo já notou é que o focinho dos cachorros é quase sempre gelado e úmido. Mas você já parou e se perguntou o motivo dele ser desse jeito?

Focinho

Acontece que o focinho ser assim é mais que normal. Esse fenômeno acontece porque os cachorros regulam a sua temperatura corporal através da sua respiração. Mas essa dúvida ficou na cabeça dos pesquisadores da Universidade de Eötvös Loránd, na Hungria.

Eles fizeram dois experimentos para conseguir entender o motivo dos cachorros terem seus focinhos gelados. No primeiro experimento, eles analisaram o comportamento dos cachorros. A equipe treinou três animais para escolherem o objeto mais quente, que teria a mesma temperatura de uma presa em potencial.

Os resultados desse primeiro experimento mostraram que os cachorros são capazes de detectar a radiação térmica fraca. No segundo experimento, os pesquisadores observaram a resposta que o cérebro dos cachorros tinham com relação à mudança de temperatura.

Para isso, foram apresentadas uma caixa com água quente e uma porta isolante térmica para 13 cachorros. Eles tinham sido treinados para ficar parados em um scanner de ressonância magnética, que fez com que fosse possível ver a resposta cerebral deles.

Essa resposta foi maior quando a porta isolante foi aberta, dando ao cachorro a  possibilidade de ter contato com uma superfície mais quente. A pesquisadora Anna Bálint, que estuda o comportamento animal na universidade húngara, explicou que a área do cérebro dos cachorros que se iluminou na ressonância magnética geralmente é associada à atividade predatória em vários vertebrados.

Estudo

A região combina simultaneamente vários sentidos como por exemplo, a visão, posição corporal e calor para a execução de um objeto, como mirar em uma presa.

Dessa forma o estudo concluiu que os animais com o focinho gelado, como é o caso dos cachorros, podem usar o sensor de detecção térmica como uma ferramenta de caça.

"As pessoas pensam que os cães seguem seu olfato, o que provavelmente é verdade. Mas as ventanias ou tempestades podem complicar a ação de um cão farejador. Um sinal de calor pode ajudá-los", afirmou Bálint.

Mesmo com esse estudo todo feito ele ainda tem uma escala pequena demais para dar o assunto como encerrado. E a pergunta de porquê os cachorros tem o focinho gelado, Bálint e sua equipe ainda estão buscando a resposta.


Próxima Matéria
Via   MSN  
avatar Bruno Dias
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest