• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Por que os médicos chineses estão sendo forçados a rasparem os cabelos?

POR Cristyele Oliveira    EM Curiosidades      21/02/20 às 18h20

O surto de coronavírus já se tornou uma emergência de saúde pública global. E todo o mundo está trabalhando fortemente, para acabar com o vírus mortal. No entanto, em meio a essa crise, um hospital chinês está sendo acusado de forçar seus médicos homens e mulheres a rasparem seus cabelos para ajudar a combater o novo coronavírus. Isso porque vários médicos de todo o país estão sendo enviados para Wuhan, província onde o vírus se originou. E o ato de raspar a cabeça seria uma medida para prevenir qualquer tipo de infecção.

Um vídeo que mostra cerca de quinze enfermeiras tendo os seus cabelos raspados em um cerimônia de despedida tem sido alvo de muitas críticas. No registro, várias delas aparecem com lágrimas nos olhos por ter que se despedir do cabelo. Logo, os internautas se revoltaram com a atitude do hospital. Mas, segundo comunicado do próprio hospital, todos os médicos se ofereceram para ficar carecas como uma forma de se proteger da doença.

Necessidade?

Toda essa polêmica começou, depois que o jornal local Gansu Daily publicou o vídeo controverso nas redes sociais. No vídeo, quinze funcionárias do hospital, entre médicas e enfermeiras do Hospital da Mulher e da Criança da Província de Gansu, aparecem se preparando para ir para Wuhan. Em meio a tudo isso, elas aparecem raspando a cabeça.

É possível notar que alguns dos profissionais de saúde estão relutantes, em se desfazer do próprio cabelo. Alguns, inclusive, aparecem chorando durante o procedimento. Isso foi suficiente, para causar uma revolta entre os internautas, que acusaram o hospital de estar usando a situação para obter a atenção da mídia.

Em um dos comentário, um internauta disse que era inaceitável que administração do hospital "obrigasse os outros a se sacrificarem a fim de promover o espírito de devoção". Outro, indignado com a situação questionou a necessidade disso tudo. "Eles poderiam ter amarrado os cabelos ou ter cabelos curtos", declarou.

Explicação

O hospital negou a acusação, de que estaria forçando os médicos a rasparem a cabeça. Em comunicado, a administração afirma que todos os médicos e enfermeiros aceitaram, de própria vontade, o procedimento de raspar a cabeça, e disse ainda que isso era uma prática comum entre eles.

Um porta-voz do Hospital da Mulher e da Criança da Província de Gansu disse que: "Muitos usuários da web não conhecem a situação. Mas, para os profissionais médicos, isso é algo comum e pode ser observado em muitos lugares do país. O mais importante [ficar careca] é que isso pode prevenir infecções. Além disso, é mais fácil [para os médicos] fazer a higienização".

Mas segundo um colunista chinês, o ato era realmente "desnecessário" para esse propósito. "Considerando que aqueles, que estão indo para Wuhan, são uma equipe médica de linha de frente, eles devem ter conhecimento suficiente, para se proteger contra o vírus. Portanto, devem ter o direito de escolher seu penteado e ser responsáveis ??por ele", declarou ele. "Se os trabalhadores médicos puderem fazer bem seu trabalho com cabelos penteados, por que eles devem ter seu corte de cabelo forçado?" acrescentou.

Próxima Matéria
Via   Daily Mail  
Imagens Daily Mail
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+