icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


Por que vários países na Ásia tem "istão" no final?

POR Arthur Porto EM Curiosidades 21/01/20 às 00h46

capa do post Por que vários países na Ásia tem "istão" no final?

Você já reparou, após passar os olhos sobre o mapa mundi, que alguns países da Ásia têm seus nomes terminados em "istão"? Sabe o porquê? Não? A resposta é simples. E nós contamos agora.

Basicamente, tudo se resume ao idioma. Isso mesmo. Os idiomas mais falados na região são o hindi, na Índia, o persa, no Irã, e o quirguiz, no Quirguistão. O sufixo "istão", presente nos nomes de nações como Tadjiquistão, Uzbequistão, Cazaquistão, Afeganistão e outras, vem da raiz iraniana stan, que significa lugar, terra, lar ou país. Além disso, significa também "lugar de morada" de um determinado povo ou etnia.

De acordo com esse princípio, Cazaquistão, por exemplo, significa "território dos cazaques"; Quirguistão, "território dos quirguizes"; Afeganistão, "território dos afegãos" e assim por diante.

"A forma "stão" deriva de uma antiga raiz linguística indo-europeia, provavelmente "sthã". Esse sufixo carregava a ideia de "parar" ou "permanecer" e deu origem, por exemplo, aos verbos stare, em latim, e stand, em inglês", diz o linguista Mário Ferreira, da Universidade de São Paulo (USP).

Mas, assim como tudo nessa vida, há exceção. A única que envolve a regra aqui é o caso do Paquistão, batizado cerca de 20 anos antes de o território do país ser constituído, em 1947.

"Rahmat Ali, o idealizador da independência paquistanesa, juntou ao termo "istão", o vocábulo "paki", surgido a partir de uma combinação das iniciais das áreas reivindicadas pela futura nação. O "p" representava a província do Punjab, enquanto o "k" equivalia à região da Cachemira, no noroeste da Índia", afirma Mário.

Etimologia curiosa

Já que entramos, nesse assunto, que tal observamos algumas curiosidades? O nome Paquistão, por exemplo, foi criado por um estudante de Cambridge e nacionalista islâmico. Choudhary Rahmat Ali cunhou o nome em 28 de janeiro de 1933. Analogamente, o nome é um acrônimo das iniciais dos diferentes estados e regiões. São elas: P - Punjab, A - Afghania, K - Kashmir (Caxemira), S - Sindh e o sufixo persa "-st?n"de Balochist?n, assim formando "Pakst?n".

O caminho para a criação do nome Tadjiquistão foi outro. Em suma, existem três explicações. Popularmente, o etnônimo deriva das palavras persas "taj", que significa "coroa", e "ik", "cabeça". Ou seja, "pessoa com uma coroa em sua cabeça". Não é à toa que a bandeira do país exibe o desenho de uma coroa.

Alternativamente, "tajik" pode derivar da raiz turca "tasi" que significa "muçulmano". A última explicação envolve o fato do nome ser derivado da palavra "tajika", que significa "persa". Os tibetanos, por exemplo, chamam a Pérsia de "sTag.Dzig" (pronuncia-se "Tajik"), que em tibetano significa "tigre-leopardo".

E Uzbequistão, a "terra dos uzbeques"? O povo uzbeque adotou a palavra "uzbek" como nome tribal por volta da metade do século XIV. Significa "mestre/senhor de si mesmo". "Uz" em turco significa "o próprio" e "bek", de origem iraniana (sogdiano), significa "mestre". O sufixo persa "-stan" significa "terra".

E, por último, Cazaquistão. O nome, como dissemos, significa "terra dos cazaques". O significado da palavra "cazaque" é incerto, mas acredita-se que siga a linha "independente/rebelde/errante/bravo/livre".

E aí, o que acharam? Imaginaram que poderia ser por causa do idioma?


Próxima Matéria
avatar Arthur Porto
Arthur Porto
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest