icone menu logo logo-fatos-desconhecidos.png


Porque aparecem pontinhos brancos em nossa pele e como eliminá-los?

POR Isabela Ferreira    EM Ciência e Tecnologia      21/11/17 às 16h18
capa do post Porque aparecem pontinhos brancos em nossa pele e como eliminá-los?

Atualmente vivemos em um mundo onde as pessoas são cada vez mais preocupadas com a aparência. Claro, não é algo ruim, desde que isso não se transforme em uma obsessão. Um dos maiores problemas estéticos que costumamos enfrentar é o aparecimento de espinhas, por exemplo. Certamente você já deve ter sofrido com isso pelo menos uma vez na vida e deve saber o quanto incomoda... Principalmente quando aparece em determinadas regiões da pele facial.

Existem diversos tratamentos para cuidar deste problema. Cada um deles pode ser adaptado de acordo com o tipo de pele do paciente e com o tempo em que se pretende obter um resultado. No entanto, existem certas protuberâncias em nossa pele que se parecem muito com acnes e espinhas, mas não são nada disso. Você já teve algo parecido? Pontinhos brancos que você nunca soube explicar a origem?

O que são os pontinhos sobre a pele?

Esses pontinhos brancos são chamados de milium. Trata-se de pequenos cistos epidérmicos formados por queratina, aquela mesma substância que forma a camada superficial de nossa pele. As suspeitas são de que eles sejam provocados a partir do entupimento de glândulas na região em que aparecem. Se você já teve alguma vez, é provável que tenha notado que a maior ocorrência do milium acontece no nariz, bochechas e próximo aos olhos. Normalmente, eles surgem em pequenos grupos e a partir daí, ganham o nome de milia.

Embora seja muito mais comum em recém-nascidos, nada impede o aparecimento em pessoas de todas as idades. No entanto, enquanto a milia infantil leva cerca de poucas semanas para desaparecer, o caso em adultos pode demorar até alguns meses. Costuma surgir principalmente quando a pele está passando por algum processo de cicatrização, visto que é resultado da multiplicação de células da epiderme que ficam dentro da derme. Pode ser provocada por tendência genética ou exatamente por esse processo de cicatrização. Por outro lado, o que causa a milia em bebês ainda é algo desconhecido e acredita-se que nascem junto a eles.

Como tratar

Na verdade, não existe um tratamento específico, principalmente no caso dos bebês. A milia costuma desparecer sozinha, é apenas questão de tempo. No entanto, se você for do tipo de pessoa que se preocupa muito com a estética, pode procurar pela ajuda de um dermatologista que certamente, poderá lhe indicar um tratamento direcionado para eliminar os pontinhos brancos.

Mas também é possível tomar algumas iniciativas por conta própria. Primeiramente, o que você precisa fazer é ter cuidado no momento de lavar a região, se preocupando em fazer uma limpeza mais rigorosa. Após o banho, também é uma boa dica aproveitar o vapor para abrir os poros, fazendo com que a pele fique ainda mais limpa, possibilitando a eliminação dos pontinhos. O uso de cremes esfoliantes também pode ajudar no processo.

Depois que você estiver livre, basta continuar dando aquela atenção especial à sua pele, pois desta forma, as chances da milia voltar a aparecer diminuem de forma significativa. Ainda vale lembrar que esses pontinhos não provocam males a longo prazo. É tudo uma questão de estética.

E então pessoal, o que acharam? Já sofreram com esse problema na pele? Como resolveram? Conhecem outras técnicas que também são eficientes? Compartilhem com a gente aí pelos comentários!


Próxima Matéria
avatar Isabela Ferreira
Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest