• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Porque o Homem-Aranha na Sony pode ser melhor do que você pensa

POR Gabi Noronha    EM Fatos Nerd      29/08/19 às 17h23

O desentendimento entre a Disney e a Sony Pictures levou à saída do Homem-Aranha de Tom Holland do MCU. A partir de agora, a Marvel Studios não irá mais produzir os filmes do Cabeça de Teia, ao passo que o personagem volta por completo aos cuidados da Sony. A repercussão da notícia causou calorosas discussões entre o público. Os fãs do MCU, naturalmente, ficaram chateados por ter o herói expulso de casa. Por outro lado, há quem tente ver o lado bom do divórcio entre os estúdios. Por exemplo, Homem-Aranha e Venom poderão interagir agora.

Depois dessa desavença, algumas informações começaram a aparecer na superfície. Foi dito que a Sony desejava a participação de Tom Holland em Venom e que o encontro dos personagens sempre esteve no plano do estúdio. No entanto, a Marvel vetou a aparição do herói, pois Kevin Feige queria manter separado os dois mundos. Caso Holland aparecesse no filme da Sony, implicaria um universo compartilhado. O que não seria o caso. De fato, na época houveram várias especulações sobre a possível participação do Homem-Aranha, mesmo em alguma cena pós-crédito. O plano original seria Holland aparecer apenas como Peter Parker, sem o uniforme do herói. Mas não deu!

Águas passadas, apesar de troca de casa, o importante é que o teioso continuará com suas aventuras no cinema. Embora os fãs do MCU ainda estejam tristes e, em alguns deles tenham jurado boicotar o estúdio, existem razões para acreditar. A seguir, comentaremos certos porquês de o Homem-Aranha na Sony não ser tão ruim quanto muitos imaginam.

Fim das férias

Talvez o mais óbvio em toda essa situação seja o fato de que agora realmente poderemos ver um universo do Homem-Aranha. O melhor tudo, expandido. Um vilão de histórias em quadrinhos ganhar filme solo é raro. Mesmo Venom sendo retratado mais como um anti-herói, ainda assim é difícil esses personagens ganharem espaço. A Sony tem grandes planos para seu próprio universo cinematográfico. Na cola do simbionte, teremos em breve Morbius, o vampiro. E também há projeto para filmes da Gata Negra e da Sabre de Prata. Todos esses personagens poderão interagir entre si e, principalmente, poderão ter a participação do Cabeça de Teia.

O projeto do Sexteto Sinistro não deu certo com O Espetacular Homem-Aranha, mas agora o cenário é diferente. O estúdio diz ter aprendido com Marvel Studios e pretende continuar o bom trabalho. Recentemente, surgiu o rumor de que Kraven, o Caçador poderá ser o vilão do terceiro filme solo com Tom Holland. Outra vantagem de ter o herói de volta ao estúdio é o tom das produções. Não que Homem-Aranha precise de maior seriedade, apenas aquela moderação nas piadas.

Por fim, o fim das férias do Cabeça de Teia no MCU também representa (assim esperamos) o amadurecimento de Peter Parker. Chegou a hora de ele sair das sombras de Tony Stark e assumir responsabilidades. Lidar com seus próprios erros e perceber que, nem sempre, ele terá ajuda. Algumas vezes, ele precisa ser o herói que todos esperam que seja. Sem contar as inúmeras possibilidades que podem ser exploradas se o estúdio abraçar o multiverso live action, assim como fez com o longa animado.

Próxima Matéria
Gabi Noronha
Resumindo, é basicamente isso! Para mais aventuras Instagram: @gabinoronhaf Para comentários aleatórios e breves análises Twitter: @gabinoronhaf
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+