• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Quais são as formas mais comuns de morte no Brasil?

POR Eduardo Coelho    EM Ciência e Tecnologia      23/06/15 às 16h18

Uma das únicas convicções que podemos ter na vida é que um dia todos iremos morrer. Certo? E a morte por si só gera bastante curiosidade a respeito dela.

A nível nacional, você já se perguntou como ocorrem as principais causas de óbito? Será que são por intermédio de algum tipo de doença? Ou mesmo por acidentes no caótico trânsito? Ou por motivos de violência ou barbárie?

Chega de dúvidas. A Fatos Desconhecidos vai divulgar pra você logo abaixo um ranking baseado nas declarações de óbito dos brasileiros em um método em que foi estabelecida uma média datada dos anos 2000 e você vai se surpreender bastante com os números. Confira:

 

10    Pneumonia

Pneumonia

A Pneumonia é uma infecção que atinge os pulmões e é provocada pela penetração de micro-organismos como vírus, bactérias, parasitas ou fungos. Foi responsável por uma média de 29345 mortes

9    Acidentes de transporte

2077204-1138-atm14

Os acidentes relacionados principalmente aos meios de transporte em rodovias estaduais e federais e nas vias urbanas também, constaram 29640 mortes atribuídas a isso. Números altíssimos.

8    Doenças crônicas das vias aéreas inferiores

transparenter Körper mit Lungentumor

Doenças de caráter respiratório como a bronquite, endossam o número de mortes no país e acumulam para si um saldo ceifador de 33707 vidas.

7    Diabetes mellitus

type-2-diabetes

Essa tinhosa doença cuja principal característica é configurada no aumento de açúcar no sangue assim aumentando o metabolismo do açúcar, da gordura e da proteínas. Pega o 7º lugar no numero de mortes anuais com um valor sombrio de 35.280 vítimas.

6    Agressões

[caption id="attachment_48020" align="alignnone" ] digital render of a small red figurine in a circle of big figurines digital render of a small red figurine in a circle of big figurines[/caption]

Agressões, de diversos tipos ao serem somadas e conclusivas como causas de óbitos postulam o extremamente alto contingente de 45343 mortos.

5    Sintomas, sinais e achados anormais clínicos e laboratoriais

Low_platelets

Essa classe inclui sintomas e afecções não tão bem definidas que, sem que tenha havido o necessário estudo do caso para se estabelecer um diagnóstico final, podem conduzir com igual possibilidade a duas ou mais doenças diferentes ou a dois ou mais partes constituintes do organismo humano. Dentre os componentes desse grupo podemos inserir diversos tipos de hemorragias, doenças sexualmente transmissíveis e anormalidade nos glóbulos brancos ou vermelhos, levando  54450 pessoas ao descanso eterno.

4    Morte sem assistência médica

medical-assistance-update

Ocupando o 4º lugar da nossa fúnebre lista, estão as mortes sem assistência médica, onde o socorro demorou a surgir ou simplesmente não apareceu, levando a ser um agente potencializador de qualquer uma das outras causas de morte anteriores, podendo ter um desfecho diferente se o socorro para a enfermidade ou acidente em questão fosse imediato. O saldo é de 78662 mortes.

3    Doenças cerebrovasculares

avc_74365516_xgkpk5

São doenças relacionadas as atividades cerebrais e das eventuais sistema circulatório nas regiões cerebrais, onde o carro-chefe desse comboio de mortes, 84688, é o AVC (acidente vascular cerebral).

 

2    Neoplasias

neoplasiA

O nome é estranho, mas vamos entender a explicação do que significa uma neoplasia: "Um neoplasma é uma massa anormal de tecido, cujo crescimento excede e é descoordenado com o do tecido normal e persiste no mesmo modo excessivo depois da cessação do estímulo que provocou a alteração." Segundo o oncologista britânico R.A. Willis. Ou seja, são os tumores, que desencadeiam nos diversos tipos de cânceres que conhecemos e que mataram cerca de  120493 de pessoas, pegando a medalha de prata nesse nada desejável pódio.

 

1    Doenças do coração

www.usnews.com

Chegamos ao topo do nosso ranking nada agradável. A medalha de ouro vai para as doenças relacionadas ao coração, cujo principais representantes macabros são a cardiopatia isquêmica e o infarto, que nacionalmente matou 197031 de pessoas e mundialmente cerca de 17 milhões.

 

 

 

Próxima Matéria
Eduardo Coelho
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+