icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


Quais são os riscos de tomar bebidas isotônicas?

POR Júlia Marreto EM Curiosidades 30/08/16 às 16h56

capa do post Quais são os riscos de tomar bebidas isotônicas?

Os isotônicos são bebidas de reposição de sais minerais, além de auxiliarem na reidratação de atletas e ajudarem a evitar cãibras. Por causa do uso sem moderação da população em geral, em 13 de novembro de 2008, a ANVISA mudou a denominação de repositor hidroeletrolítico para praticantes de atividade física, para a seguinte: repositor hidroeletrolítico para atletas. E, não apenas, as empresas foram obrigadas a seguir os seguintes requisitos: deve conter sódio (entre 460 e 1150 mg/L), cloreto e carboidratos (4% a 8% m/v), a osmolalidade não pode ultrapassar a 330 mOsm/Kg de água, além de não poder conter vitaminas e outros minerais.

Se essas bebidas são para auxiliar na reposição de nutrientes e na hidratação, qual o problema de seu consumo? A faculdade de Odontologia da Universidade de Cardiff, realizou uma pesquisa na qual entrevistou 160 crianças, de quatro escolas do sul do País de Gales. Os pesquisadores chegaram a conclusão de que as crianças fazem uso excessivo desse produto por conta de seu sabor adocicado, baixo custo e fácil acesso.

Os estudantes entrevistados, crianças entre 12 e 14 anos, afirmaram que fazem o uso desse produto socialmente, ao invés de após a prática esportiva. Mas, o que mais chocou os pesquisadores foi o fato de as crianças conseguirem essas bebidas em locais recreativos.

De acordo com Maria Morgan, cientista da saúde pública especialista em questões odontológicas: "O propósito das bebidas isotônicas está sendo mal compreendido e esse estudo mostra evidências claras de que crianças em idade escolar estão sendo atraídas por essas bebidas de alto teor de açúcar e baixo nível de pH (ácido), que levam a um aumento no risco de cáries, desgaste do esmalte dos dentes e obesidade".

Ao que tudo indica, nem os pais nem as crianças sabem que esse é o tipo de bebida além de não ser adequada para crianças deve ser consumida apenas após a prática intensiva de exercícios físicos. O médico do esporte Gustavo Magliocca e o cardiologista Daniel Santos, dizem que as bebidas isotônicas não podem substituir o soro em caso de diarreias, apesar do que muita gente acredita.

Para que o consumo dessas bebidas seja correto, é preciso prestar atenção em seu teor calórico, 500 ml possuem cerca de 120 kcal; e deve-se prestar atenção na quantidade de líquidos que devem ser repostos após os exercícios. Para isso é preciso se pesar antes e depois, e converter as gramas perdidas em mililitros, por exemplo, se você perdeu 400 gramas é preciso repor 400 ml de líquidos, de acordo com os especialistas, o ideal é que essa reposição seja fracionada, metade de água e metade isotônico.


Próxima Matéria
avatar Júlia Marreto
Júlia Marreto
É a dona de um coração esculpido pela literatura e preenchido pelos bons vinhos de Baco. Guiada nas artes da vida por Ares, possui a discreta delicadeza de um elefante pulando carnaval numa loja de cristais! Movida diariamente pelo combustível da vida: o café, essa garota possui raízes profundas na poesia da vida. É muito séria, mas sabe brincar na hora certa. Ama os animais e detesta filme de terror. Apesar de cantar mal, canta com sentimento. E adora musicais! Sua principal tentativa desportiva é o baralho. Ela gosta mesmo é de coisas antigas, apaixonada pela vida e sonha com o universo. Instagram: , @juliamarreto
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest