• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Qual é a velocidade média das funções do nosso corpo?

POR Cristyele Oliveira    EM Ciência e Tecnologia      06/11/19 às 11h49

O corpo humano é algo extraordinário, e por esse motivo, bastante complexo. Nesse exato momento, o seu corpo está fazendo milhares de coisas simultaneamente, mesmo que você não esteja ciente delas. O nosso corpo é como uma máquina, que está sempre em movimento, até a nossa morte. Estamos inspirando e expirando, o nosso coração está batendo a cada segundo, o estômago está digerindo o que você comeu e assim por diante.

Tudo está trabalhando para que você possa viver da melhor forma possível. Então, precisamos sempre estar atentos aos alertas que o nosso corpo nós dá. Quando qualquer coisa não está funcionando como o previsto, recebemos um aviso, seja por meio de uma doença ou incômodo. Mas isso todos nós já estamos cansados de saber. O que talvez possa nunca ter passado pela sua cabeça, é velocidade média com que as coisas acontecem dentro e fora do nosso corpo. Então, pensando nisso, reunimos aqui o tempo médio em que ocorre algumas das funções vitais do nosso corpo.

Crescimento do cabelo

Quando a gente nasce, o total de folículos capilares é o que teremos ao longo de nossa vida. Podem haver cerca de 5 milhões em nosso corpo, mas na cabeça, especialmente, existem cerca de 100 mil folículos. Ou seja, muito cabelo. No entanto, conforme o tempo passa e vamos envelhecendo, alguns desses folículos param de produzir cabelo. E é justamente por isso, que acontece a calvície e a queda de cabelo.

De acordo com a Academia Americana de Dermatologia, o cabelo humano cresce, em média, meia polegada por mês. Isso significa que o cabelo da cabeça cresce em média 15 centímetros por ano. Mas a rapidez com que o seu cabelo cresce depende de alguns fatores cruciais, como tipo de cabelo, época e a saúde de cada indivíduo no geral.

Velocidade do pensamento

Para responder essa questão em um ponto de vista científico, é necessário definir o "pensamento" de tal forma, que ele tenha uma velocidade que possa ser medida através de métodos físicos.

Para exemplificar isso, podemos usar a existência de impulsos, que se propagam de uma célula nervosa para outra. Qualquer tipo de ação que envolva o sistema nervoso, precisa desses impulsos. Como quando você toca em um objeto quente, e imediatamente retira a sua mão. Isso só acontece quando a sensação de calor é transmitida, da sua mão para o seu sistema nervoso central. Nesse ponto, outro impulso nervoso passa do seu sistema nervoso central, para os seus músculos, que é quando você se afasta do objeto quente.

A velocidade do impulso nervoso está diretamente relacionada com a espessura do nervo. Quanto mais espesso, mais rápida é a propagação. Os nervos dos mamíferos são os mais finos do reino animal, então, a velocidade do impulso nervoso pode chegar a cerca de 100 metros por segundo, ou então 360 quilômetros por hora.

Isso pode parecer pouco. Mas a velocidade do pensamento não é maior do que a de uma hélice de avião antigo. Pense que esse impulso nervoso pode ir e voltar, de um ponto a outro, em menos de 1/25 segundo.

Batidas do coração

Durante uma vida, o coração bate cerca de dois bilhões e meio de vezes, bombeando cerca de 150 milhões de litros de sangue. Esse órgão tão vital bombeia o sangue, continuamente, por meio do sistema circulatório. Essa é a pulsação da vida.

O coração é uma espécie de bomba, que transporta o sangue pelo nosso corpo através das veias e artérias. Com as batidas do coração, o sangue abastece cada célula de suprimentos essenciais à vida. Elas dão impulso para que o sangue circule. Normalmente, um corpo parado demanda menos oxigênio e assim o coração bate mais devagar. Nesse caso, o sangue leva 1 minuto para fazer uma volta completa pelo corpo. Atividade físicas e emoções podem deixar as células famintas de oxigênio, o que faz o coração acelerar e bater mais rápido. Nessas situações, o sangue pode dar uma volta mais rápida, devido à velocidade das batidas do coração.

Digestão

Após comermos qualquer tipo de alimento, vários processos, no nosso corpo, irão transformar o que foi ingerido, em um composto digerido. Assim, formando partes diminutas, que poderão passar pelas paredes dos nossos órgãos. Estamos falando de um processo chamado digestão, que acontece no sistema digestivo do nosso corpo.

O tempo, em que ocorre esse processo, varia de pessoa para pessoa e depende também do tipo de alimento ingerido. Mas, principalmente do primeiro estágio da digestão, que é quando se processa o alimento na boca, durante a mastigação. No geral, a digestão demora entre uma ou duas horas. Os estômago só se livrará desse alimento, quando ele atingir consistência, pH e temperaturas ideias. Qualquer mudança, em algum desses fatores, pode retardar o processo, atrapalhando o esvaziamento gástrico, tornando a digestão mais lenta.

Crescimento das unhas

As unhas crescem bem menos que os fios de cabelo. Em média, as nossas unhas crescem cerca de 3,47 milímetros por mês, ou um décimo de milímetro por dia. É difícil criar uma perspectiva a partir disso, então, imagine um grão de arroz curto. Pensou? Bem, ele mede cerca de 5,5 milímetros de comprimento, então dá para ver como as unhas crescem devagar.

No caso de alguém perder a unha completamente, pode levar até seis meses para que ela volte a crescer completamente. Um fato curioso é que as unhas da sua mão dominante crescem mais rápido do que o restante. Além disso, elas crescem mais durante o dia e durante o verão.

Enfim, você já tinha pensando nisso? O que achou dessa matéria? Conta para a gente nos comentários e aproveite para compartilhar com os seus amigos.

Próxima Matéria
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+