• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Qual foi o pior furacão da história?

POR Cristyele Oliveira    EM Curiosidades      02/10/19 às 16h05

Se tem uma coisa que os cineastas de Hollywood adoram, é um bom filme sobre desastres naturais. Tanto que não faltam filmes sobre o tema, que podem ser igualmente dramáticos como os da vida real. Uma hora ou outra, a Mãe Natureza nos dá uma amostra grátis do quão poderosa ela pode ser. E quando isso acontece, não tem muito o que fazer, a não ser esperar seu demonstração de poder cessar. Isso vale também para casos de passagem de um furacão, por exemplo. Literalmente, inclusive.

Nos últimos anos, vimos uma quantidade exagerada de furacões, como nunca se viu antes. Além de aumentar a quantidade, eles estão cada vez mais fortes. Não é difícil imaginar o porquê, não é mesmo? Se isso é uma lição bem severa para o que a humanidade vem fazendo com o planeta, não está claro, porém, os furacões estão piorando.

Não é bem uma competição quando tentamos eleger o pior furacão da história. Até porque todo mundo sabe que cada tempestade pode ser igualmente devastadora, onde quer que aconteça. Mas, se formos colocar parâmetros, sempre haverá um que causou maiores danos do que outros. O Laboratório de Pesquisa do Sistema Terra analisou vários dados sobre furacões e o quão poderosas foram essas ocorrências. Do mesmo modo, que se mensurou quanto tempo duram. E em suma, podemos classificar o Furacão Katrina como um dos furacões mais devastadores da história. E você, provavelmente, se lembra dele.

Furacão Katrina

O furacão Katrina foi uma tempestade tropical que alcançou a categoria 3, da escala de furacões de Saffir-Simpson, em terra firme. Além de atingir categoria 5, no oceano Atlântico. Seis dias após a sua formação inicial, em 29 de agosto de 2005, o furão chegou ao litoral sul dos Estados Unidos.

Ele devastou áreas inteiras, enquanto passava por vários estados americanos. Como a Flórida, o Alabama, o Mississipi. Mas o local onde ele foi mais devastador foi em Nova Orleans, onde ele atingiu a sua potência máxima.

O furacão Katrina devastou áreas inteiras, matou cerca de 1.833 pessoas, deixou centenas de milhares de desabrigados. Se formos falar em prejuízo financeiro, o Katrina causou cerca de US$ 125 bilhões em danos e quase destruiu uma cidade inteira. Você, provavelmente, se lembra dele, já que ele se tornou um dos piores desastres naturais da história dos Estados Unidos e também um dos mais caros.

Consequências

O mundo inteiro acompanhou o que aconteceu nos Estados Unidos. Mas a tempestade foi apenas o começo da história, para muitas pessoas, que tiveram as suas vidas viradas de ponta cabeça, devido ao furacão. Kenyon Dunbar foi uma dessas milhares de pessoas. Ele tinha 14 anos quando teve que fugir, com a sua família, do furacão. Eles se instalaram na Califórnia, até que as coisas se acalmassem, e só voltaram para casa, ou para o que restou dela, 18 meses após a passagem do furacão.

Dez anos depois, o rapaz deu uma entrevista para a Rolling Stone para falar sobre o que foi essa tempestade e o efeito deixado por ela em sua vida. Uma década depois e ele ainda se lembrava da escuridão, que pairava sobre a cidade, e do rosto de uma menina morta que ele ainda via em seus sonhos. "Fomos quase as primeiras pessoas a voltar. Era uma cidade fantasma", lembrou Dunbar. "Você podia sentir o cheiro da morte. Você podia sentir o cheiro do mofo. Estava em tudo".

Assim como Dunbar, cerca de 160 mil crianças foram descoladas pelo Katrina. Algumas delas até foram separadas de suas famílias, outras tiveram que se mudar, em média, 7 vezes. Hoje, quase 15 anos depois, ainda é possível ver as marcas do furacão, nas regiões onde ele passou. E principalmente, as consequências do desastre, entre os sobreviventes.

E você, se lembra do Katrina? Conta para a gente nos comentários e compartilhe com os seus amigos.

Próxima Matéria
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+