Quantas e quais espécies de seres humanos já existiram na Terra?

POR Arthur Porto    EM Curiosidades      26/11/19 às 13h13
foto de destaque

Nove espécies humanas viveram na Terra 300.000 anos atrás. Os neandertais, Homo neanderthalensis, eram caçadores, atarracados às estepes frias da Europa. Os denisovanos, hominídeos de Denisova, habitavam a Ásia, enquanto o Homo erectus, os mais primitivos, viviam na Indonésia e o Homo rhodesiensis, na África central. O Homo naledi habitou a África do Sul, o Homo luzonensis, as Filipinas, o Homo floresiensis, a Indonésia e o misterioso homem das cavernas, na China.

Há 10.000 anos atrás, todos essas espécies foram extintas. Acredita-se que o desaparecimento esteja vinculado a uma extinção em massa. Como muitos acreditam, a extinção dessas espécies não foi impulsionada por erupções vulcânicas, mudanças climáticas e/ou impacto de asteróides.

Em vez disso, sugere-se que o desaparecimento foi ocasionado pela propagação de uma nova espécie, que evoluiu entre 260.000 e 350.000 anos atrás, na África Austral. Essa espécie foi o Homo sapiens. A disseminação dos seres humanos modernos e causou o que os especialistas chamam de sexta extinção em massa. O evento, que ocorreu há 40.000 anos, se estende desde o desaparecimento de mamíferos na Era do Gelo, até os dias hoje.

Os seres humanos modernos

Somos uma espécie exclusivamente perigosa. Destruímos planícies e florestas, para promover a agricultura. Modificamos mais da metade do planeta e ocasionamos mais mudanças climáticas. E somos ainda perigosos por um outro motivo: competimos por recursos.

Provocamos guerras e incentivamos a colonização. Provocamos genocídios e seguimos instigando a força da natureza humana. Por esses e outros motivos, há poucas razões para acreditar que os primeiros Homo sapiens eram menos territoriais, menos violentos, menos intolerantes.

Os otimistas, ao que parecem, pensam o contrário. Acreditam que os primeiros Homo sapiens eram pacíficos e nobres. Além disso, argumentam que nossa cultura, e não nossa natureza, é a responsável por tamanha violência.

Entretanto, pesquisas recentes, e inúmeros relatos históricos, mostram que a guerra, também presente nas culturas primitivas, era intensa, penetrante e letal. Armas neolíticas, como clavas, lanças, machados e arcos, combinadas com táticas de guerrilha, como ataques e emboscadas, foram devastadoramente eficazes.

Nesse ínterim, aponta-se que a violência foi a principal causa de morte entre os homens nessas sociedades, e as guerras tiveram níveis mais altos de vítimas que a I e a II Guerra Mundial.

Ou seja, a prática da violência é antiga e é improvável que as outras espécies humanas tenham sido muito mais pacíficas. A violência, de acordo com especialistas, existia até entre chimpanzés. O que, no final, sugere também que a guerra já existia diante da evolução dos seres humanos.

Parâmetro

Pinturas rupestres, esculturas e instrumentos musicais apontam a existência da capacidade sofisticada de pensar e comunicar. A capacidade de cooperar, planejar, criar estratégias e manipular é algo que fortifica um viés. A disseminação dos seres humanos modernos, diante das antigas espécies, prova que as mesmas desapareceram somente depois de nos encontrar.

Mas por que nossos ancestrais exterminaram seus parentes, causando uma extinção em massa? A resposta, para tal pergunta, é simples: o crescimento da população. Os seres humanos se reproduzem exponencialmente, como todas as espécies. Sem controle, passamos a nos multiplicar a cada 25 anos.

Além disso, a escassez de alimentos, causada pela seca, por invernos rigorosos ou excesso de recursos, levariam inevitavelmente as tribos a entrar em conflito. A guerra, então, tornou-se o único controle do crescimento populacional.


Ei Fatos, não deixe de conferir:

2 SINAIS QUE FALTAM PARA JESUS VOLTAR - E SE FOR VERDADE

Próxima Matéria
Via   the conversation  
avatar Arthur Porto
Arthur Porto
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.

Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+