• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Quanto de microplástico ingerimos durante a semana?

POR Cristyele Oliveira    EM Ciência e Tecnologia      25/09/19 às 18h03

Todos nós estamos cientes dos problemas ambientais causados pelo plástico, certo? A poluição dos oceanos é um problema urgente e que, querendo ou não, também nos afeta. Não é só as tartarugas e os animais marinhos que são vítimas dessa poluição por plástico. Isso também acaba nos trazendo vários problemas, bem mais do que imaginamos. Não é só o meio ambiente que corre risco, a nossa saúde também. Todos os dias, estamos consumindo o chamado microplástico sem saber.

Agora mesmo, você pode estar consumido plástico sem nem saber. Além do mar e do meio ambiente, o corpo humano também está sob o risco de ser infectado por esse material. O que não é bem uma surpresa, levando em conta que cerca de 8 milhões de toneladas de plástico acabam no oceano, todos os anos. Durante o seu processo de decomposição, muito longo, diga-se de passagem, esse material se divide em vários pedaços menores, os chamados microplásticos. Esses resíduos minúsculos acabam facilmente se infiltrando dentro da nossa cadeia alimentar. E um recente estudo mostrou o quão preocupante é a situação. Isso porque consumimos uma enorme quantidade de microplástico diariamente.

Consumo de microplástico

De acordo com um recente relatório da Universidade de Newcastle, no Reino Unido, as pessoas ingerem cerca de 5 gramas de plástico, por semana. Para se ter uma ideia, isso é o equivalente ao peso de um cartão de crédito. E se as coisas seguirem por esse rumo, no futuro, essa quantidade pode ser ainda maior. O que é realmente preocupante.

Isso porque o microplástico pode acabar no nosso sistema digestivo e na nossa corrente sanguínea, através da cadeia alimentar e da poluição do meio ambiente. Segundo a Organização das Nações Unidas par Agricultura e Alimentação, os microplásticos são classificados em duas categorias. Dependendo da sua origem, pode ser primário ou secundário.

Os primários são aqueles fabricados em tamanho determinado, como grânulos, pós e abrasivos. Geralmente, são usados na fabricação de produtos de higiene pessoal, assim como em indústrias têxteis. Já os microplásticos secundários, são os provenientes de degradação de plásticos maiores, tais como sacolas e garrafas.

Após a análise, de vários estudos sobre a presença de microplástico nos alimentos, os pesquisadores da Universidade de Newcastle descobriram quanto os humanos consomem desse material. E o resultado foi realmente surpreendente. Segundo o estudo, as pessoas consomem 100 mil pequenos pedaços de plástico, ou seja, cerca de 250 gramas, por ano.

Microplástico no organismo

Segundo informações do Fundo Mundial para a Natureza, a maior fonte de ingestão do microplástico é por meio da água, tanto a engarrafada, quanto a da torneira. Quando se trata de alimentos, os maiores níveis de plástico foram encontrados em frutos do mar, na cerveja e no sal. Porém, alimentos, como leite, arroz, trigo, milho e pão, ainda não foram analisados.

De acordo com esse estudo, os seres humanos consomem, em média, 5 gramas de microplástico, por semana. Muito disso, devido à degradação do plástico, em grandes quantidades liberadas no meio ambiente.

No entanto, os efeitos da ingestão de microplástico, no organismo humano, ainda não foram estudados com profundidade. Até então, os efeitos sobre a nossa saúde ainda são desconhecidos. Mas, se olhar para os impactos nos demais animais, dificilmente, seria algo benéfico para os humanos.

E você, já estava ciente sobre essa ingestão de microplástico? Conta para a gente nos comentários e compartilhe com os seus amigos.

Próxima Matéria
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+