• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Quanto tempo você levaria para morrer se vampiros existissem?

POR Arthur Porto    EM Curiosidades      12/11/19 às 13h42

Não é novidade que os vampiros fazem parte do imaginário popular. Desde que o mundo é mundo, essas criaturas são conhecidas. Afinal, nos foram apresentadas por meio de lendas de diferentes civilizações, ao longo da História.

Hoje, esse seres seguem ilustrando inúmeras produções literárias e cinematográficas. Em síntese, a contribuição cultural que os vampiros proporcionaram é indiscutível. Tanto que podemos encontrar diversas referências lendárias, que vão desde Drácula até Edward Cullen.

Sabemos que os vampiros não existem. Mas e se existissem? Por quanto tempo, você conseguiria se manter vivo?

Precioso tempo

À primeira vista, a pergunta parece meio boba, não é? Para muitos, sim, mas não para as ciências biológicas e matemáticas. Sabe por quê? Basicamente, há uma página que transforma a pergunta em realidade. Nesse ínterim, com base em estatísticas e dados concretos, é possível descobrir por quanto tempo a humanidade conseguiria sobreviver, diante de um apocalipse cheio de vampiros.

Entretanto, para descobrir tal resposta, é preciso seguir alguns passos. Ao acessar a página, intitulada como Calculadora do Apocalipse de Vampiros, é preciso, antes de tudo, criar um hipotético cenário.

Por isso, é preciso selecionar alguns pontos, como, por exemplo, país ou região, número de habitantes, taxa de natalidade e, claro, se você será ou não transformado em vampiro. Além disso, o usuário do serviço deve também decidir se haverá, ou não, "caçadores de vampiros". Afinal, a presença deles poderia aumentar a estimativa de vida da população.

Entre inúmeras outras variáveis, a maneira como os vampiros agem também pode ser considerada. Para isso, é necessário determinar a "sagacidade" dos vampiros. Em suma, o processo é bastante divertido.

Realidade

Eliminando a calculadora, um estudo, realizado em 2007, pelos matemáticos Costas Efthimiou e Sohang Gandhi deixou claro como seria a realidade, caso esses seres existissem. A tese, intitulada Cinema de ficção vs. Física real: fantasmas, vampiros e zumbis, estabelece um modelo no qual os vampiros coexistem com os humanos. De acordo com o estudo, a humanidade sobreviveria por apenas três anos.

Além disso, não há apenas este estudo que acabamos de citar. Os matemáticos Wadim Strielkowski, Evgeny Lisin e Emily Welkins, no artigo Modelos matemáticos de interação entre espécies: coexistência pacífica entre vampiros e humanos, mostram que, com a presença desses seres, uma epidemia eliminaria a população rapidamente. Em suma, os seres humanos desapareceram em apenas 165 dias.

De todas as formas, esses profissionais endossam que, conviver com esses seres, não seria tão fantástico como o Crepúsculo nos fez imaginar.

Bebendo sangue

Levando todo esse assunto para outro viés, eis que surge uma nova pergunta: se vampiros existissem, quanto tempo um desses seres levaria para sugar o sangue de um ser humano?

A questão acima também despertou o interesse da Ciência. Estudantes do Departamento de Física e Astronomia da Universidade de Leicester, no Reino Unido, se inspiraram nos 85 anos de Drácula, estrelado nos cinemas por Bela Lugosi, para nos fornecer uma resposta.

Segundo o estudo, se fosse um adulto médio, um vampiro não levaria mais de 6,4 minutos para drenar 15% de todo o sangue da artéria carótida externa do pescoço da vítima. Em síntese, essa porcentagem representa a quantidade de sangue, que o vampiro poderia sugar sem que a frequência cardíaca fosse alterada.

Próxima Matéria
Via   R7     Vix  
Imagens R7 Cine Pop
Arthur Porto
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+