icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


Ranking dos 7 cômodos mais sujos da sua casa

POR Erik Ely EM Curiosidades 01/04/20 às 00h19

capa do post Ranking dos 7 cômodos mais sujos da sua casa

Embora se saiba que os espaços públicos podem transportar uma variedade de germes e bactérias, às vezes, é fácil esquecer que muitos dos germes podem aparecer mesmo na segurança da sua casa. Pensando nisso, separamos um ranking, com os 7 cômodos mais sujos da sua casa.

Recentemente, um estudo encontrou mais de 340 bactérias diferentes em 30 objetos diferentes em uma casa. Dessa forma, estar cientes de onde esses germes aparecem e o que você pode fazer para diminuir seu risco, pode ajudar e muito em situações como essa que estamos vivendo.

1 - Alças de torneira

Infelizmente, para limpar as mãos depois de usar o banheiro, primeiro, você precisa abrir a torneira. Dessa forma, uma série de bactérias podem ser passadas para as alças da torneira. Para se ter uma ideia, há cerca de 2.786 bactérias em uma torneira de banheira, para cada centímetro quadrado.

2 - Botões de fogão

Na limpeza do fogão, muitos podem se esquecer de limpar os botões do eletrodoméstico. Sendo assim, recomendamos que os botões sejam retirados e mergulhados em água quente e sabão, pelo menos uma vez na semana. Estando em contato direto com as mãos e outras sujeiras, a região pode acumular uma série de bactérias que nem sempre nos lembramos de que estão lá.

3 - Cafeteiras

Em um estudo feito, cerca de 50% das cafeteiras testadas tinham mofo, leveduras e bactérias acumuladas. Tudo por conta do acúmulo de sujeira, devido à falta de manutenção. Embora possa parecer uma dor de cabeça, não limpar a cafeteira pode se tornar uma dor de cabeça muito maior.

4 - Pia da cozinha

Muitos podem esperar que o ambiente acumule bactérias, mas ele é mais sujo do que você imagina.  Para se ter uma ideia, uma pia de cozinha contém, uma média, de cerca de 4.945 microrganismos para cada meio metro quadrado. Desse modo, isso representa cerca de 70.000 vezes mais bactérias do que o que é encontrado em um vaso sanitário.

5 - Tábuas de cortar

As tábuas de corte podem entrar em contato com uma variedade de bactérias diferentes, seja de carne, frutas ou legumes. No entanto, sem tomar as devidas precauções de limpeza, o lugar de corte de alimentos pode se tornar um porto para todas essas bactérias. Dessa forma, tábuas de corte não adequadas podem abrigar uma média de 18% de bactérias e 14% de leveduras e bolores.

6 - Suportes de escovas de dentes

Antes de colocar a escova na boca, pare para lembrar a última vez que você a limpou. Com isso, também é preciso conferir o estado de limpeza, de onde a escova se encontra. Isso porque, a escova de dentes é um ambiente para diferentes bactérias, como mofo e leveduras, além de estafilococos e coliformes. Em média, existem 2.465.876 organismos bacterianos, localizados no lugar onde você coloca a escova de dentes.

7 - Esponjas de lavar pratos

Pode ser uma surpresa para muitos, mas o lugar mais sujo de uma casa é a esponja da cozinha. Assim, apesar de seu principal uso ser a limpeza, sua esponja possui um número estimado de 321.629.869 microrganismos vivendo em cada grama da esponja. Por isso, recomenda-se jogar as esponjas fora, a cada duas semanas. Além de ainda, sempre limpá-las com água quente e água sanitária.


Próxima Matéria
Via   Litsverse  
Imagens Litsverse
avatar Erik Ely
Erik Ely
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest