• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Redemoinho de fogo assusta moradores de cidade brasileira

POR Arthur Porto    EM Natureza      11/09/19 às 17h31

Uma queimada, em uma fazenda localizada no município de Santa Helena de Goiás, produziu um redemoinho de fogo. O fenômeno, de acordo com especialistas, é raro. A queimada começou na terça-feira, dia 10. O fogo foi registrado e controlado pelos próprios funcionários da fazenda.

O período de seca é o qual mais ocorre queimadas. Em relação ao ano de 2018, as queimadas no Brasil aumentaram 82%. De janeiro a agosto deste ano, já foram registrados 71.497 focos, contra 39.194, no ano passado. Esta é a maior alta e também o maior número de registros, em 7 anos no país.

Os dados foram divulgados pelo Programa Queimadas do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). As análises foram geradas com base em imagens de satélite. Em suma, o estado, que teve um maior aumento no número de queimadas neste ano, foi Mato Grosso do Sul, com uma alta de 260%. Em seguida, Rondônia, com 198%; Pará, com 188%; Acre, com 176%; e Rio de Janeiro, com 173%.

Redemoinhos de fogo

A formação de redemoinhos de fogo está entre os eventos mais raros da natureza. De acordo com especialistas, o fenômeno ocorre quando, em condições atmosféricas bastante específicas, o calor de um incêndio, combinado ao vento, forma uma estrutura giratória, análoga a um tornado.

Em suma, a formação de um redemoinho de fogo está relacionada a incêndios florestais. Segundo o site Severe Storms Meteorology, um tornado de fogo, geralmente, pode atingir de 10 a 50 metros de altura. E, na maioria dos casos, não duram mais que segundos.

Em contrapartida, há casos raros. O caso mais grave, já registrado, aconteceu em Tóquio, em 1923. O fenômeno ocorreu durante o Grande sismo de Kant?, com uma série de abalos sísmicos, que gerou incêndios isolados, por toda a ilha de Honshu, no Japão.

Além deste, existem também relatos de um redemoinho de fogo, que matou mais de 38 mil pessoas, em quinze minutos, na região. Esse e outros eventos são citados no livro Yokohama Burning: The Deadly 1923 Earthquake and Fire that Helped Forge the Path to World War II. A obra retrata tanto os tornados de fogo, que atingiram o Japão em 1923, quanto uma série de catástrofes naturais, que aconteceram, ao mesmo tempo, no país.

Na Inglaterra

No ano passado, enquanto ocorria um incêndio em uma fábrica de plásticos, os bombeiros do condado de Leicestershire, no leste da Inglaterra, captaram imagens impressionantes de um redemoinho de fogo. As informações foram divulgadas pelo jornal britânico The Guardian.

Também no ano passado, um incêndio florestal que consumiu uma enorme área da Califórnia, nos Estados Unidos, também gerou um redemoinho de fogo. No fenômeno, as chamas se uniram à correntes de ar.  Os ventos, que formaram o tornado, chegaram a 230 km/h. O fenômeno foi considerado como um dos mais poderosos de todos os tempos.

Próxima Matéria
Via   Top Biologia     G1  
Arthur Porto
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+