• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Saiba por que as pessoas estão alertando sobre o uso do glitter no carnaval

POR Natália Pereira    EM Curiosidades      09/02/18 às 13h43

O excesso de glitter como parte fundamental de um look se tornou ainda mais popular com a chegada do carnaval desse ano. O brilho chamativo tem se tornado tendencia nos últimos anos e as pessoas virão o carnaval como uma excelente oportunidade para colocá-lo em prática. Afinal, que outro feriado brasileiro pode ser mais alegre e colorido do que esse? O problema é que essa atitude tem sido reprovada e contestada por muitos nas redes sociais.

Os glitters, por mais bonitos e aparentemente inofensivos que pareçam ser, podem trazer sérios riscos. E os prejudicados nessa história são os animais marinhos, mais uma vez. Você já deve ter ouvido o debate em algum lugar da internet já que muitos tem se posicionado contra o uso deles na comemoração. Mas a questão tem deixado muitos confusos quanto a isso, sem entender como algo tão pequeno pode fazer mal aos animais lá no oceano. Você sabe a resposta para isso? Se não sabe nós vamos te contar agora.

Como o glitter pode ser perigoso para os animais marinhos?

O caso é tão grave que os Estados Unidos proibiu o seu uso desde 2015. Enquanto isso, outros lugares como o Reino Unido e a Nova Zelândia já noticiaram que pretendem fazer isso em breve. A mobilização criada nas redes sociais brasileiras parece ter o mesmo em mente, levando em consideração os seus perigos. Acontece que o descarte do glitter é feito, na maioria das vezes, de forma incorreta e é exatamente isso que trás suas consequências.

Você pode estar se perguntando como uma o glitter usado por você vai chegar até os animais marinhos. Mas pense bem, o que você faz depois que a folia do carnaval acaba para se livrar do material? Lava o rosto ou toma aquele bom banho, certo. Agora, para onde vai essa água? Exatamente, ela vai para o seu esgoto e depois, em certo momento, acaba chegando até os mares.

O ciclo do horror e os seus perigos

Depois que ela está na água é fácil se misturar com alguma espécie de plâncton e virar comida de peixe. Esse mesmo peixe será comido por outro maior e assim por diante. Criando um enorme ciclo. O glitter é feito de microplásticos, um dos maiores poluentes do mar em todo o mundo. A ingestão de microplásticos por animais marinhos gera intoxicações nos mesmos e isso se segue. Caso uma pessoa ingira um peixe ou animal marinho intoxicado isso pode passar também para ele.

O ciclo se repete com cada um dos animais até voltar até nós. Ou seja, eles não fazem bem a ninguém e seu mal pode se voltar também para as pessoas. Para evitar que isso aconteça, caso use glitter nesse carnaval, use lenços umedecidos para tirá-los e depois os descarte de forma correta em um saco de lixo. Não os lave na pia ou no chuveiro. Seja consciente nesse carnaval. Repasse a mensagem, todos precisam saber sobre isso!

Próxima Matéria
Via   Vix     G1  
Natália Pereira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+