icone menu


Se o bicho de pé não for tratado ele se transforma em outra coisa

POR A redação    EM Entretenimento      10/12/15 às 15h04
capa do post Se o bicho de pé não for tratado ele se transforma em outra coisa

Para explicar o que acontece quando você não trata o bicho de pé, primeiramente vamos entender o que realmente é o bicho de pé. Também chamada de Túngiase, é uma infecção causada por um parasita que está geograficamente restrita ao Caribe, África e América do Sul, por terem o solo quente, seco e arenoso.

As pessoas que vivem em comunidades carentes sem saneamento básico e áreas rurais, principalmente as crianças, precisam ter um certo cuidado pois esses locais existe um grande número de infecções com o bicho de pé. Essa infecção acontece quando existe o contato da pele direto com o solo contaminado, e a fêmea começa a sugar o sangue da pessoa para alimentar os parasitas que são gerados. Lembrando que quem causa a tungíase é só a fêmea que está grávida de outros parasitas, e por isso ela precisa do sangue.

640px-tunga_penetrans_-1

Quando a fêmea suga o sangue do hospedeiro, ela produz ovos com mais parasitas, que se desenvolvem, nascem e mais tarde são eliminados no chão. E os hospedeiros favoritos são os humanos e animais do tipo suíno, como os porcos.

Existem dois sintomas do bicho de pé, o primeiro é bem simples, é quando aparece um caroço ou panela como as pessoas costumam chamar, e pode causar coceira. A segunda já é um pouco complicada, quando não se trata pode causar uma série de complicações como gangrena, supuração, ulceração, necrose do tecido circundante e deformação e perda de unhas.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Para diagnosticar o bicho de pé não é preciso fazer exames ou coisas do tipo, basta analisar o lugar que está coçando ou irritado.

O tratamento do Bicho de pé é bem simples, basta eliminá-lo da pele e evitar infecções secundárias e as opções para tratar são a crioterapia, medicamentos antiparasitários, remoção com a pinça e a remoção por curetagem caso não consiga remover com uma pinça.

tungiase-dermatologia-e-saude-2

A prevenção do bicho de pé é muito fácil, basta não ter contato direto do pé ou partes do corpo com o solo, usar sapatos fechados e se preciso bater inseticidas nas áreas que possibilitam o contato.

É companheiros, bicho de pé não é brincadeira não! Vocês já tiveram experiências com esse parasita? Comenta aqui pra gente!


Ei Fatos, não deixe de conferir:

A câmera das meninas desaparecidas revela fotos arrepiantes e sem explicação

Próxima Matéria
avatar A redação
A redação
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.

Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+