• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Segundo a NASA, atmosfera de Júpiter pode ter mais água do que pensamos

POR Diogo Quiareli    EM Ciência e Tecnologia      26/02/20 às 15h48

O nosso Sistema Solar é imenso e esconde ainda vários segredos. Composto, atualmente por principalmente 8 planetas e 1 estrela, que é o Sol, esse sistema é alvo de estudos diariamente. Cientistas do mundo inteiro dedicam suas vidas para descobrirem coisas novas, principalmente sobre os planetas vizinhos. Por uma série de motivos, Júpiter está quase sempre na mira das pesquisas. Esse é o maior planeta de todo o nosso Sistema Solar, tanto em diâmetro quanto em massa. Além disso, é o quinto mais próximo da nossa estrela principal, o Sol. Segundo estudos, Júpiter possui 2,5 vezes a massa de todos os outros planetas em conjunto. De fato, é muito grande.

De acordo com as informações sobre o lugar, o planeta está na categoria "gasoso", assim como Saturno, Urano e Netuno. Isso quer dizer que eles não são compostos primariamente de matéria sólida e sim gasosa. No entanto, recentemente pode ter havido um grande reviravolta após um comunicado da NASA. Segundo eles, Júpiter poder conter mais água em sua atmosfera do que os cientistas acreditaram a vida toda. Trouxemos então algumas informações sobre isso para você, caro leitor. Aproveite já para compartilhar com seus amigos. Agora, sem mais delongas, confira conosco.

NASA afirma que atmosfera de Júpiter pode ter mais água do que imaginamos

As teorias científicas, sobre a atmosfera de Júpiter, podem estar erradas. Isso, de acordo com um estudo, publicado por astrônomos da NASA na Nature Astronomy. Graças aos dados enviados recentemente pela sonda Juno, a atmosfera de Júpiter, que é de longe o maior planeta do Sistema Solar, é composta de pelo menos 0,25% de água. Essa é uma quantia significativamente maior do que estudiosos acreditaram a vida inteira. Essa descoberta pode inclusive mudar o rumo de várias pesquisas.

A Juno foi lançada em 2011 e chegou ao planeta em 2016. Ela está prevista para funcionar até o final de 2021. De acordo com os especialistas, essa é a primeira vez que obtemos informações sobre a água do planeta desde 1995. Isso, quando a sonda Galileo, que orbitava o planeta, foi desativada. Por 25 anos, os estudiosos acreditaram que a água era extremamente escassa na atmosfera de Júpiter. As medições, entretanto, mostraram que, na verdade, é diferente disso. Júpiter possui três vezes mais água em sua atmosfera, do que a nossa estrela.

Para alguns astrônomos, os erros provavelmente aconteceram porque a Galileo falhou em algumas partes. Segundo eles, a sonda enviou os dados de uma região específica da atmosfera do planeta. Ao que tudo indica, a composição atmosférica do planeta é bastante agitada e pouco homogênea. Isso também foi revelado pelas informações enviadas pela Juno.

E aí, o que você achou dessa matéria? Acha que isso vai mudar de forma drástica alguns estudos? Comente então pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Vale lembrar que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.

Próxima Matéria
Diogo Quiareli
Geminiano, 26 anos, goiano. Amante de música pop, fã de Katy e Luan.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+