icone menu logo logo-fatos-desconhecidos.png


Segundo astrônomos, esse é o maior buraco negro do universo

POR Diogo Quiareli    EM Ciência e Tecnologia      06/07/20 às 12h19
capa do post Segundo astrônomos, esse é o maior buraco negro do universo

Que o nosso universo é infinito, não é novidade para ninguém. Cientistas do mundo inteiro dedicam suas vidas a descobrir coisas novas no espaço. Com o grande avanço da tecnologia, puderam descobrir novos planetas, constelações e até mesmo estrelas mortas. Essas também conhecidas como buracos negros. Esses buracos são uma região no espaço onde nada pode escapar. Nem mesmo partículas que se movem na velocidade da luz. Este é um resultado da deformação da malha do espaço-tempo. É causada após o colapso gravitacional de uma estrela. Um buraco negro é algo temido por todos. Como falamos antes, consegue sugar tudo e o destino disso ainda é um mistério.

Com o grande avanço da tecnologia, já temos até mesmo a primeira foto de um buraco negro. A imagem foi captada pelo Telescópio de Horizonte de Eventos. Quando foi revelada, a fotografia causou um grande alvoroço. Isso porque cientistas do mundo inteiro ficaram impressionados com o registro. A partir daí, os estudos de buracos negros se intensificaram de forma considerável. Recentemente, foi revelado qual é o maior buraco negro existente, que conhecemos, em todo o universo. E foi pensando sobre isso que nós decidimos trazer essa matéria. A redação da Fatos Desconhecidos apresenta a você, caro leitor, o maior dos buracos negros que já conhecemos.

Maior buraco negro do universo

Uma análise feita pela Universidade Nacional da Austrália revelou o quão massivo é o buraco negro J2157. Esse é o objeto do tipo que mais cresce em todo o universo. De acordo com o estudo compartilhado no fim de junho na Monthly Notices of the Royal Astronomical Society, esse fenômeno tem 34 bilhões de vezes a massa do nosso Sol. O buraco ainda "devora" o equivalente à nossa estrela diariamente. "A massa do buraco negro é cerca de 8 mil vezes o maior buraco negro no centro da Via Láctea", disse Christopher Onken, pesquisador e coautor do estudo.

"Se o buraco negro da Via Láctea quisesse chegar nesse tamanho, teria que 'engolir' dois terços de todas as estrelas de nossa galáxia", completou Christopher. Estima-se ainda que o buraco negro surgiu quando o universo tinha apenas 1,2 bilhão de anos. Isso é menos de 10% de sua idade atual, que é de cerca de 13,8 bilhão de anos. Ainda é um mistério como um corpo cósmico tão massivo pode ter se originado tão pouco tempo após o Big Bang. Isso incentiva os estudiosos a continuarem os estudos.

Astrônomos utilizaram o Very Large Telescope do Observatório Europeu do Sul, no Chile, para medir com mais precisão a massa do fenômeno. Segundo os cientistas, a quantidade de massa que um buraco negro é capaz de devorar depende do tamanho que ele tem. "Com um buraco negro tão grande, também estamos animados em ver o que podemos aprender sobre a galáxia em que ele está crescendo", observou Onken. "Essa galáxia é um dos gigantes do Universo primitivo ou o buraco negro acabou de engolir uma quantidade extraordinária de seu entorno? Vamos ter que continuar estudando", finalizou.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comente então pra gente aí embaixo.


Próxima Matéria
Via   Revista Galileu  
avatar Diogo Quiareli
Diogo Quiareli
Geminiano, 26 anos, goiano. Amante de música pop, fã de Katy e Luan.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest