• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Segundo Donald Trump, China não difundiu o coronavírus de propósito

POR Erik Ely    EM Entretenimento      10/05/20 às 01h21

Recentemente, Donald Trump, atual presidente dos Estados Unidos, levantou uma série de suspeitas e fez insinuações de que o governo chinês estaria por trás da disseminação de Covid-19. No entanto, para a surpresa de muitas pessoas, o presidente voltou atrás em sua afirmação e disse que a China não difundiu o coronavírus de propósito.

De acordo com Trump, a China poderia ter impedido a disseminação do novo coronavírus, mas não o fez. "Não estamos contentes com a China. Estamos descontentes com a situação. Acreditamos que podia ter sido travada na origem, rapidamente e não se ter alastrado por todo o mundo", afirmou o presidente. Contudo, após os países ter protagonizado mais uma série de capítulos de tensões sobre a pandemia, o presidente apresentou um novo posicionamento.

Os Estados Unidos estão investigando o que, de fato, aconteceu

No final de abril, Trump chegou a ameaçar exigir uma indenização chinesa por negligência sobre o caso. Porém, quando os EUA chegaram a 1 milhão de casos da Covid-19, com quase 60 mil mortes, ele voltou a tocar no assunto. "Acreditamos que ela [a doença] poderia ter sido parada rapidamente, e desse modo não se espalharia pelo mundo todo", afirmou o presidente.

Em entrevista ao canal Fox News, Donald Trump afirmou que a culpa da pandemia não seria da China. "Não acredito que eles tenham difundido o vírus de propósito", afirmou o presidente. Entretanto, Trump também afirmou que os Estados Unidos estão realizando uma "investigação sériea" se o Sars-Cov-2 "saiu" de algum laboratório. "Minha opinião é que eles cometeram um erro. Eles tentaram encobrir, tentaram apagar. É como um incêndio", disse Trump. "Sabe, é como tentar apagar um incêndio. Eles não conseguiram apagar o fogo", completou o presidente.

Segundo autoridades de inteligência norte-americanas, o vírus é "natural". Ou seja, ele "não foi criado ou manipulado geneticamente pelo homem", afirmou o presidente. De toda forma, outros estudos já haviam afirmado isso e, mesmo assim, essa se mostrava como uma das principais pautas de discussão entre os dois países.

Sabemos que o vírus não foi criado em laboratório

Portanto, agora, as investigações analisam se o vírus foi resultado de um erro de algum laboratório de Wuhan, cidade onde os primeiros casos da Covid-19 foram encontrados. No entanto, Pequim sempre condenou essa postura. Em seguida, também cobrou "provas" disso. Na entrevista, Trump afirmou que apresentará provas. "Vamos apresentar um relatório muito sólido sobre exatamente o que achamos que aconteceu. E acho que será muito conclusivo", afirmou o presidente.

Ainda durante a entrevista, Trump falou que sobre o acordo comercial com a China. Em seguida, ressaltou que ainda não tomou "nenhuma decisão" sobre o tema. Além disso, completou dizendo que "está vivendo um momento muito difícil" com o governo chinês.

Atualmente, a epidemia já ultrapassou três milhões de infecções confirmadas em todo o mundo. Com isso, o número de morte já ultrapassa o de 200.000. Sendo que, apenas nos Estados Unidos estão concentrados quase um terço dos casos e quase 60 mil óbitos. De longe, o país se tornou o mais afeto pela doença.

Próxima Matéria
Via   UOL     O Globo     Estadão     Euronews  
Imagens UOL O Globo
Erik Ely
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+