• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Segundo estudo, fumantes que são bons em matemática têm mais chances de abandonar o vício

POR Erik Ely    EM Ciência e Tecnologia      02/07/20 às 13h42
foto de destaque

Recentemente, um estudo publicado pela Universidade Estadual de Ohio, nos Estados Unidos, descobriu um fato um tanto quanto curioso. De acordo com o estudo, fumantes que são bons em matemática têm mais chances de abandonar o vício. Além disso, a memória possuiria um papel importantíssimo quando se busca parar de fumar.

No estudo, publicado na revista Health Psychology, um teste de habilidade matemática analisou 696 fumantes. Assim, com os dados coletados, os especialistas concluíram que: os que tiveram pontuação mais alta eram mais propensos a dizer que pretendiam parar de fumar. Dessa forma, o estudo também mostrou que esses mesmos participantes possuíam uma boa memória e isso, os ajudou no teste e poderá ajudar no processo de largar o vício.

Essas pessoas lembram mais das consequências do cigarro

Depois da realização do teste, os participantes receberam oito avisos diferentes sobre as embalagens de cigarro. Deses modo, cada uma continha imagens semelhantes àquelas que encontrados em cartelas de cigarro. Ou seja, pulmões danificados ou outros tipos de alertas, alguns mais gráficos e outros mais sutis. Contudo, todas as imagens vinham acompanhadas da seguinte mensagem: "Fumar pode matar você". Além de também, dados sobre o risco de fumar, como, por exemplo, "75,4% dos fumantes morrerão antes dos 85 anos de idade, em comparação com 53,7% dos não fumantes".

Seis semanas após o experimento, cada um dos voluntários voltou a entrar em contato com os pesquisadores para avaliar como estavam se sentindo. Isso, tendo em mente as informações e os avisos que foram mostrados após o teste matemático. Ao responder um questionário, os participantes responderam perguntas sobre os riscos do vício. Em seguida, os pesquisadores perguntaram o quão predispostos eles estavam a largar o cigarro e em quanto tempo isso poderia acontecer, um mês ou um ano.

Por que vincular habilidades matemáticas com o tabagismo?

Com o resultado desse questionário é que os pesquisadores chegaram essas conclusões. "As pessoas que tinham melhores habilidades matemáticas lembraram-se mais dos números assustadores sobre os riscos de fumar que lhes demos, e isso fez a diferença", afirmou Brittany Shoots-Reinhard, principal autora do estudo e professora assistente de psicologia da Universidade Estadual de Ohio. "Fumantes menos 'numerados' tendem a ter um conhecimento muito superficial sobre os riscos à saúde de seus hábitos", completou.

Por fim, o estudo possui com um de seus principais objetivos, motivar pessoas que buscam parar de fumar com dados concretos sobre o assunto. "Esses resultados podem ajudar a explicar por que muitos estudos descobrem que os fumantes mais instruídos têm maior probabilidade de parar com sucesso", disse a autora.

Ainda de acordo a pesquisa, em curto prazo, ilustrações mais sutis sobre os riscos de fumar são mais memorizadas. Por outro lado, a logo prazo, após as seis semanas, imagens mais fortes acabam sendo mais lembradas. Mesmo que isso não seja o foco do estudo, essa informação pode ser bastante útil para autoridades de saúde, por exemplo. Isso porque, sugere que as informações precisam ser reavaliadas na forma como chegam aos fumantes.

Para Brittany, é melhor que se use infográficos simples. Além de também, recursos que ajudem a entender os riscos do hábito. "Queremos que as pessoas entendam as informações de risco para tomar decisões mais informadas. Nossos resultados sugerem que [isso] pode ajudá-los a tomar a decisão de desistir", afirmou a pesquisadora.


Ei Fatos, não deixe de conferir:

2 SINAIS QUE FALTAM PARA JESUS VOLTAR - E SE FOR VERDADE

Próxima Matéria
avatar Erik Ely
Erik Ely
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.

Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+